Saiba quanto você está pagando de juros no cartão de crédito!

Você sabe o quanto você está pagando de juros no cartão de crédito? Essa é uma informação importantíssima para quem quer organizar as finanças, mas que muitas vezes é negligenciada e esquecida – o que leva facilmente ao endividamento!

Os cartões de crédito são grandes aliados dos brasileiros. Através deles é possível realizar sonhos, adiantar planos e construir coisas. Mas, se você não tiver o devido controle sobre os seus gastos, o final não será tão feliz assim.

Veja também:

E a vida eterna é esta: que te conheçam a Ti, o Único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

João 17:3

Pesquisas apontam que milhões de brasileiros se encontram endividados e com nomes negativados justamente por conta do cartão. O que deveria ser uma ajuda acaba se tornando um tormento.

Advertisement

Mas, para resolver isso é preciso planejamento. Para começar, é preciso entender quando você está pagando de juros no cartão de crédito. E, a partir disso, compreender como realizar os pagamentos de forma mais assertiva.

Entenda como funcionam os juros no cartão de crédito!

Para entender o quanto você está pagando de juros no cartão de crédito, primeiro você precisa primeiro entender muito bem o que são os tais dos juros rotativos. Essa modalidade de acréscimo é utilizada quando o cliente não consegue pagar o valor total, e somente o mínimo da fatura.

Antes era possível pagar o mínimo todos os meses, e acumular o restante para o próximo mês, com juros. Mas, isso fazia com que começasse uma cobrança de juros sobre juros, que entregava um valor final impagável.

Com as novas regras do cartão de crédito, que foram instauradas em 2017, as administradoras já não podem mais fazer assim. Então, a pessoa que pagar o mínimo só poderá fazer isso 1 mês. No próximo ela terá de pagar integral ou parcelar a fatura.

Destaques:

E a vida eterna é esta: que te conheçam a Ti, o Único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

João 17:3

Veja →   5 dica infalíveis para acumular pontos no cartão de crédito

Antes dessas novas regras, as taxas podiam chegar a 17% do valor total da fatura. Agora elas não superam 9,99% ao mês. É uma diferença muito grande quando colocada no papel.

Jeito fácil de calcular os juros do seu cartão

Agora que você já sabe como é que funcionam os juros rotativos, e entendeu melhor sobre as mudanças nas regras do cartão de crédito, é hora de falarmos sobre cálculos. Para começar, pegue a sua calculadora, um papel e caneta, e vamos às contas (e não “às compras”!).

  • Encontre em sua fatura o valor total e depois o valor mínimo autorizado para pagamento. Exemplo: R$ 880,00 com mínimo de R$ 176,00.
  • Agora, faça o seguinte cálculo: valor total da fatura menos o valor mínimo. A sua conta ficará da seguinte maneira: R$ 880,00 – R$ 176,00 = R$ 704,00.
  • Encontre em sua fatura algo a respeito dos juros rotativos.Se não encontrar, entre em contato com a central de. Vamos supor que é 14,72%.
  • Agora faça o seguinte cálculo: saldo do rotativo vezes taxa de juros. Ficará assim: R$ 704,00 x 14,72 = R$ 103,62.
  • Você ainda pode saber o valor da próxima fatura ao calcular saldo mais juros rotativos: R$ 704,00 +R$ 103,62 = R$ 807,62.
  • Ou seja: de uma dívida de 880, se você pagar 176 ainda terá de arcar com 807,62 no próximo mês.

Entender como funcionam esses cálculos é muito importante para que você consiga compreender melhor os juros no cartão de crédito. Muitas vezes, acreditamos que pagar o mínimo pode ser interessante, mas nem sempre!

É preciso colocar tudo na ponta do lápis para compreender qual será o valor final, com os juros acrescidos. E a partir desse valor é que você decide se vale ou não a pena.

Use todas essas informações para calcular e controlar os juros no cartão de crédito. somente assim você conseguirá se livrar das dívidas, e reorganizar a sua situação financeira.

"Creia no senhor Jesus e será salvo tu e a tua casa!"