Reserva de emergência: a importância em momentos de crise

Quem não possui dinheiro guardado está sofrendo com a pandemia do novo coronavírus

Infelizmente, nem todo mundo estava preparado para enfrentar uma crise financeira mundial. Muitos brasileiros vivem “vendendo o almoço para comprar a janta” e nem imaginam o que é uma reserva emergência. O país possui diversas classes sociais, o que fortalece esse quadro.

Empresas viram o patrimônio cair e famílias perderam rendas, seja por demissões ou corte de salários. Para segurar as pontas, buscaram auxílios do governo ou apelaram para as economias, muitas planejadas para outros gastos. Quem tinha reserva de emergência, teve que gastar.

Agora, é tarde para pensar em criar uma reserva para lidar com a pandemia do novo coronavírus, mas, ainda dá tempo para se planejar para quando tudo isso acabar, já que é alta a probabilidade da economia demorar vezes para se recuperar.

Advertisement

Não é um tarefa fácil e muitas pessoas não conseguem tornar isso um hábito pela própria realidade financeira, mesmo. Só que guardar dinheiro, no mundo que vivemos, se torna quase uma atividade essencial, ainda que seja distante para algumas pessoas pensar nisso no momento atual.

Neste post falaremos de Já tem alguma reserva? Vamos te ensinar a mantê-la. Quer criar para o período pós-pandemia? Continue com a gente para ter informações importantes sobre planejamento financeiro e reserva de dinheiro. Vamos lá!

Para quem não possui reserva de emergência

Não significa que ela precisa ser construída agora, mas você pode tomar atitudes para que ela seja possível no futuro. É grande a possibilidade das famílias sofrerem muito financeiramente e você pode evitar que isso aconteça com a sua.

Advertisement

Busque renda extra

Bicos, vendas, internet. Se está sobrando mais tempo por causa de uma demissão, por exemplo, você naturalmente já está buscando alternativas de ganho financeiro, mas, sabemos que esse dinheiro vai para as contas básicas.

Caso possa, avalie o que pode ser vendido, como um começo de um negócio que pode render muito mais lá na frente.  Pesquise na internet plataformas de vendas e sites que contratam freelancers, por exemplo.

Empréstimo com boas condições

É hora de vários bancos facilitarem o acesso ao crédito, já que é útil que mais dinheiro circule no país. Um dinheiro vindo de empréstimo, desde que as parcelas não sejam abusivas, é de muita utilidade para segurar as pontas e reservar parte dele para o que há de vir.

Reserve poucas quantidades

Ainda que sejam baixas, as reservas são sempre importantes. Comece guardando dez reais por mês, ou menos até, em uma conta bancária ou em um cofrinho. Só utilize o dinheiro se a situação estiver num nível muito crítico. Caso ainda consiga se manter, esqueça que o valor existe. Só lembre de guardá-lo.

Invista o dinheiro que tem

Ainda que você não tenha muito dinheiro, existem contas bancárias digitais que rendem mais que a poupança, até com R$ 30,00. A conta digital da Nubank e do Banco Original rendem mais que poupanças convencionais, é só aceitarem as condições e deixar o dinheiro paradinho por lá.

Para quem já tem uma reserva de emergência

É hora de ter cautela para tomar as decisões. Caso tenha uma reserva de emergência, ela não pode ser gasta toda de uma vez, mas sim, para manter a vida financeira equilibrada e não gerar dívidas. Veja mais dicas para não perder toda sua reserva de emergência durante a pandemia do novo coronavírus.

Defina prioridades

Chegou a hora de mexer naquele dinheiro que você talvez esteja aguardando a meses, ou anos. Ainda que seja necessário para não desequilibrar as contas de casa, não é preciso gastar tudo de uma vez.

Quando o sapato apertar, coloque tudo no papel para saber onde terá que ser coberto pelo dinheiro da reserva. Caso seja demais, pense onde precisa ser cortado, infelizmente. Lembre-se de gastar o dinheiro da reserva onde for necessário, não em luxos.

Mude sua reserva de lugar

Procure um jeito de aumentar o dinheiro da sua reserva através de bons investimentos e aplicações financeiras. É hora de pesquisar como criar a “reserva da reserva”, para que caso parte dela seja utilizada, você não sofra muito quando chegar a hora de gastar o dinheiro com o objetivo primeiramente escolhido, antes da pandemia.

Invista esse dinheiro

Investir dinheiro não é apenas colocá-lo em aplicações. Um exemplo é usá-lo em algum negócio útil na época da pandemia, uma loja online, cursos para dobrar esse dinheiro ou qualquer outro tipo de investimento traga retorno através de compra e construção de clientes.

Pesquise na internet que tipo de negócio combina mais com você e o que traria renda mesmo com o momento difícil que a economia vive. Quem sabe nem precise investir o dinheiro todo e já ter um ótimo retorno?

Economize tudo o que puder

Assim que perceber a queda na renda e a necessidade de utilizar a reserva de emergência, corte em outras partes do orçamento tudo o que puder. Reduza os gastos com energia, água e compras de mercado. Faça planejamentos para que sua realidade se adapte e você possa continuar vivendo com essa reserva de emergência até tudo isso passar.

A importância de guardar dinheiro

Quem conseguir passar por essa crise financeira e de saúde, sem citar os outros aprendizados que isso traz, com certeza mudará os hábitos relacionados a dinheiro. Muitas famílias viram a despensa se esvaziar e o emprego sumir. Situações tristes cheias de incertezas causam esses efeitos.

Mais do que nunca, quando tudo acabar, a importância de guardar dinheiro será latente. Muita gente conseguirá lidar melhor com as emergências porque se aceitarem mudar os hábitos, estarão mais preparados para os tempos que virão, sejam bons ou ruins.

Sabemos o quanto é difícil lidar com dinheiro e como várias pessoas não podem fazer isso, já que vivem no limite financeiro. Ainda sim, é importante fazer um esforço para que a grana sobre. Para isso, pesquisa, dedicação e muito trabalho são importantes, mas, mais do que tudo isso, as oportunidades precisam ser iguais para todos.