O que é Financiamento Estudantil?

O financiamento estudantil acaba sendo uma modalidade vista com muita esperança por quem tem a pretensão de fazer uma faculdade particular, ou porque quer um curso exclusivo, ou porque não passou na pública.

Seja qual for o seu motivo de fato essa alternativa é bem interessante, mas é preciso estar bem informado e bem preparado para decidir por ela, porque se você fizer tudo sem conhecimento devido a tendência é ter problemas.

Veja também:

E a vida eterna é esta: que te conheçam a Ti, o Único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

João 17:3

Advertisement

Assim sendo, a seguir nós vamos falar mais sobre o financiamento estudantil, que acaba sendo uma maneira instigante de fazer pagamento a prazo, claro, mas nesse caso da sua universidade. Veja abaixo os nossos apontamentos, para você pode ir pelo caminho que for mesmo melhor para você!

Saiba mais sobre o financiamento estudantil

Para muita gente falta informação quando o assunto é financiamento estudantil e esse talvez seja o seu caso, porque é um problema que atinge muita gente que se interessa por essa possibilidade e quer saber mais.

A verdade, no entanto, é que se você estiver bem focado pode conseguir fazer com que essa opção se torne a melhor para as suas demandas e necessidades, mas para isso é preciso se preparar dos pés à cabeça!

A seguir nós vamos falar mais sobre isso, então vale muito a pena dar uma sacada em todas as nossas dicas. Veja tudo que temos a te contar sobre o financiamento estudantil e aproveite ao máximo:

  • Existem várias instituições que te dão a chance de fazer o financiamento desse estilo, e a mais conhecida mesmo é o governo federal, que trabalha com o programa FIES;
  • Com ele você pode financiar até todo o seu curso com juros muito baixos, ou até mesmo juro zero. Isso significa que não vai ter que pagar pela sua universidade enquanto está cursando;
  • Obviamente isso varia de caso para caso, tem gente que paga e gente que não, mas de maneira geral você tem a chance de só pagar depois de formado, com um espaço de alguns meses para conseguir trabalhar;
  • O valor pode ser muito alto e assustar, mas a questão é que é importante você pensar de maneira bem consciente, avaliando as suas possibilidades de fazer o curso sem isso;
  • Se não existem essa pode ser a melhor saída, se você fizer um plano para um pagamento a prazo que não acabe com as suas finanças e não aperte a sua vida;
Veja →   4 dicas para não perder o controle com cartão de crédito

É jogo fazer esse tipo de financiamento?

Essa é uma pergunta recorrente, para a qual a resposta sempre deveria ser “depende”. Questões associadas às finanças dificilmente tem uma resposta única, porque somos distintos, e obviamente temos necessidades diferentes.

Destaques:

E a vida eterna é esta: que te conheçam a Ti, o Único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

João 17:3

Compreendendo isso fica muito mais fácil você se pautar a partir do que os outros dizem que é bom ou dizem que é certo, ou do que os outros falam que é ruim e apontam como errado.

O que importa é apostar no que vai funcionar dentro do seu dia a dia e do seu estilo de vida, e não é algo fácil. A maior parte das pessoas, na verdade, não consegue ir por esse caminho.

Assim sendo, vale a pena seguir as nossas dicas com atenção e carinho, e ver se essa opção é a melhor mesmo para que o que você busca, para o que te chama. Se for, ótimo, mas se não saiba que existem outras saídas, sempre.

Basta buscar, aceitar e se jogar! O financiamento estudantil não é errado nem é perfeito, mas vai ser errado ou perfeito dependendo do que você espera ou precisa. Lembre-se sempre disso, para não acabar desesperado ou frustrado!

"Creia no senhor Jesus e será salvo tu e a tua casa!"