Corte de gastos: por onde começar

Pandemia do novo coronavírus obrigou muitas famílias a gastar menos

A previsão até o fim do ano que é a economia mundial termine 2020 com uma redução. O Brasil, país que foi atingido em cheio pelo vírus já está sofrendo com desemprego e queda brusca na renda das famílias.

Veja também:

  • Aumentar o SCORE
  • E a vida eterna é esta: que te conheçam a Ti, o Único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

    João 17:3

    Com isso, muita gente teve adequar os gastos a uma nova realidade e abrir mão de alguns gastos. Os considerados “luxo”, foram os primeiros a serem retirados, mas, você sabe exatamente o que é esse tipo de gasto? Existem pessoas que consideram pagar internet um luxo, o que em alguns casos é uma necessidade.

    Se é a hora de cortar gastos, esse artigo foi feito para te ajudar. Nem sempre, onde você cortou é o gasto correto, ou também, você pode estar investigando em uma área que não é necessária agora.

    Advertisement

    Para te ajudar, separamos os principais gastos a serem cortados e quais são extremamente necessários para aumentar ainda mais sua renda. Preparamos também uma pequena lista para ensinar a ganhar mais dinheiro nessa época de pandemia e sem sair de casa. Gostou? Então continue lendo esse texto!! Vamos lá.

    A importância de cortar gastos

    Quando o “sapato aperta”, é hora de pegar papel e caneta e começar a entender o que é importante e o que não é. Muitas famílias já vivem pagando contas básicas, nesses casos, não é possível economizar mais. Outras, possuem gastos desnecessários mas não sabem como começar.

    A importância de diminuir o que é gasto mensalmente vem dos benefícios de adquirir novos hábitos. Naturalmente, os gastos com serviços básicos, como luz, água e outros pode ter aumentado já que o tempo que ficamos em casa é maior, consumindo mais. Mesmo que a renda não tenha diminuído, é hora de colocar tudo na ponta do lápis.

    Só com essa atitude será possível continuar vivendo com uma renda mensal ideal, sem sofrer demais. Veja nossa opinião sobre onde se deve cortar gastos imediatamente para que o orçamento familiar não seja tão afetado.

    Por onde começar?

    Lembre-se que cortes bruscos podem ajudar em um aspecto, mas em outro, pode piorar tudo, principalmente para quem tem crianças em casa. Os pequenos se acostumam com um estilo de vida e quando isso é perdido, pode afetá-los diretamente, seja nas emoções ou fisicamente.

    Tente negociar

    É hora de abaixar o preço. Converse com empresas que te fornecem alguma coisa essencial frequentemente e ofereça uma proposta de preço menor. Um exemplo é quem precisa de suprimentos médicos, mensalmente. Procure o fornecedor e explique a situação, tentando assim, um preço menor, sem perder o produto ou serviço.

    Peça desconto também em contas básicas, cartões de crédito de lojas, por exemplo. Tente uma renegociação com juros menores ou pague de uma vez aquela compra parcelada para evitar ficar pendurado.

    Reorganize os gastos

    Felizmente, concessionárias de luz e água em todo o país deixaram de cortar os fornecimentos por falta de pagamento. É hora de deixar essas contas um pouco de lado e focar naquilo que não deu a mesma facilidade. Ainda que pareça arriscado, a promessa é que as empresas vão deixar os clientes pagar essas contas de forma parcelada, sem comprometer o orçamento de ninguém.

    Veja →   Como solicitar o Cartão do Banco Inter

    Corte o gasto que não é essencial agora

    Ainda que pareça necessário, você vai comprar roupas, calçados e eletrodomésticos agora? Não. Então cancele os cartões de loja e derivados. Não vá nesses comércios para evitar gastar o que não será usado. Se precisar, tente abaixar o preço o máximo que puder, mas, evite sair de casa.

    Serviços de streaming

    Netflix, Spotify, TV a cabo. Sabemos que distrai muito quando estamos em casa, mas, em alguns casos, gastos como esse podem ultrapassar os R$400,00. Esse dinheiro poderia ser utilizado para compras mais úteis e necessárias. Por pelo menos alguns meses, se você perdeu renda ou está se preparando para isso, escolha cortar.

    Mensalidades sem utilização

    Muitas famílias pagam cursos de inglês, natação, assinaturas de clubes de lazer, entre outros gastos, todo mês. É impossível manter essa rotina neste momento, já que só as atividades que citamos geram aglomeração e oferecem risco de contaminação. É hora de interromper tudo isso e esperar que as coisas melhorem. Essas empresas irão oferecer oportunidades incríveis, mas coloque na cabeça que não é hora de gastar com um serviço que não poderá ser utilizado de forma completa. Fica a dica!

    Produtos que podem esperar

    Não é momento de comprar alguns produtos, como já citamos e nem de ficar “batendo perna” em centros comerciais. Se seu filho pedir brinquedos, ele precisará esperar. Marido ou esposa querendo presentes caros, também não é momento, Lembre-se que tudo passa, então, quando a pandemia passar, torcendo para que ninguém mais fique doente, as vontades poderão ser realizadas.

    Faça mais dinheiro

    Veja dicas simples para que você consiga fazer mais dinheiro em casa. Neste caso, é preciso ter uma boa conexão de internet e muita criatividade. Vamos as informações para aumentar a renda.

    Vendas online

    Crie produtos alimentícios ou artesanais, como roupas e cosméticos e ofereça nas redes sociais. Roupas usadas também fazem muito sucesso, principalmente aquelas que você não usa mais.

    Trabalhos de freelancer

    Pense em uma habilidade que você possui, seja de escrita ou qualquer outra. Procure na internet sites que aceitem trabalhos remotos, ou se candidate a serviços de home office mesmo e comece a descobrir uma maneira simples e útil de fazer dinheiro.

    Marketing digital

    Pesquise na internet como entrar no mercado de marketing digital para gerar renda. Você pode vender produtos digitais ou prestar esse tipo de serviço para empresa. Se prepare através de cursos gratuitos e não se esqueça de pesquisar muito.

    Conclusão

    Perdendo renda ou não, estamos em um momento que planejar o orçamento é primordial. Não sabemos como será o dia de amanhã, porque a pandemia faz com que todos os setores vivam oscilações. Guardar dinheiro será uma atitude que pode ajudar tanto a curto prazo, quanto a longo prazo. Se cuide e não esqueça do planejamento financeiro!

    "Creia no senhor Jesus e será salvo tu e a tua casa!"