Inicio Blog

Truques usando Coca-Cola para o seu dia a dia que você não sabia

0

A Coca-Cola é um refrigerante muito conhecido de maneira mundial, por isso tornou-se uma das bebidas mais consumidas e além de ingeri-la é possível fazer outras coisinhas.

Como já foi dito, é um produto muito consumido, no entanto não temos a menor ideia de quais são os ingredientes por conta de sua fórmula secreta e muitas vezes nós não sabemos que ela pode ser muito útil para tirar o ferrugem, por exemplo.

Se você deseja saber quais são as principais limpezas que se pode fazer utilizando a Coca-Cola, continue lendo esse texto que você irá se surpreender muito! Confira:

Conheça os principais truques utilizando Coca-Cola

Coca-Cola
Descubra como deixar algumas coisas brilhando usando Coca-Cola!

Descalcificar uma chaleira

Você não leu errado! É possível descalcificar uma chaleira apenas utilizando esse líquido, pois ele possui as mesmas características que o vinagre branco.

Então, você precisa deixar a chaleira ferver com o refrigerante, depois jogá-lo fora e lavá-la de maneira bem energética, é importante que você esfregue alguns pontos para que os resíduos de cálcio saiam completamente.

Além da chaleira, você poderá utilizar a Coca-Cola nas pias de aço inoxidável, pois elas também removerão o cálcio de uma maneira bem eficiente.

Restaurar panelas queimadas utilizando Coca-Cola

Quem nunca deixou uma panela queimar que atire a primeira pedra! Você com certeza já se distraiu fazendo o almoço e esqueceu algum vegetal na frigideira, quando voltou para ver só existia carvão.

Muitas pessoas tem a vontade de jogar a panela fora, pois parece que nunca mais poderá ser utilizada, pois saiba que com a Coca-Cola você poderá tê-la de volta.

Despeje o refrigerante na panela queimada e aqueça o líquido em fogo baixo por 20 minutos, depois desse período passe a esponja na superfície e você verá que a panela estará quase novinha em folha.

Caso apenas uma vez não seja o suficiente para limpeza total, retire os excessos e repita o processo.

Lavar a louça

Você deve estar pensando “como que eu vou lavar minha louça usando um líquido que é puro açúcar?”, pois saiba que o refrigerante pode te ajudar a deixar a sua louça ainda mais limpa por conta de suas propriedades.

Apenas misturando um pouco de Coca-Cola com o seu detergente e água quente, você conseguirá remover os resíduos das louças mais “pegajosas” com uma eficiência muito maior.

Quando você preparar a mistura, deixe-a no recipiente que precisa desgrudar resíduos por alguns minutos, depois é só lavar e enxaguar, deixando sua louça novinha!

Coca-Cola para remoção de manchas de gordura, sangue e tinta

É bem provável que você já tenha manchado as suas roupas com gordura, pois é comum na hora de comer ou preparar alimentos que escorregue e manche suas roupas favoritas. Ou vai dizer que você nunca se machucou e manchou de sangue alguma roupa?

Saiba que você não precisa dizer adeus para suas peças favoritas, pois é possível limpar esses acidentes utilizando a Coca.

Para limpar as suas roupas, jogue um copo de refrigerante na máquina de lavar, no mesmo momento que você coloca o sabão e o amaciante e veja a mágica acontecer depois que terminar o processo da máquina.

Saiba que também é possível limpar manchas que tenham surgido no seu tapete ou carpete, para isso é necessário colocar o refrigerante diretamente na mancha e deixar agir por 2 horas.

Remover o chiclete

Às vezes possuímos crianças em nossa casa e elas resolvem mascar chiclete, então surge a brilhante ideia de tirá-lo e esfregar no tapete ou na própria roupa, dessa maneira a bagunça foi instaurada.

A partir deste momento, você poderá ficar completamente tranquilo quanto a isso, pois para tirar o chiclete dos itens é necessário pegar a Coca-Cola e umedecer o chiclete com ela, deixando agir.

Depois de um tempinho, você conseguirá remover o chiclete do local sem maiores problemas, ainda podendo jogar um pouco de talco na mistura.

Limpar o vaso e a banheira com Coca-Cola

Quando temos problemas com a limpeza do vaso sanitários costumamos recorrer ao detergente, desinfetante e itens do gênero, pois saiba que é possível limpar de maneira eficiente utilizando a Coca-Cola.

Para isso você deverá pegar uma lata do líquido e despejar o conteúdo dentro do vaso, então espere por 30 minutos a 1 hora, então passe uma escova e de descarga, pronto! A limpeza foi concluída.

Se você quer saber outras dicas de como limpar o banheiro e deixá-lo sempre perfumado, pode clicar aqui e ir conhecer as nossas dicas!

Descolorante de cabelo

Está descontente com o seu cabelo e deseja mudar o visual de maneira significativa, mas não tem dinheiro para gastar com produtos que sejam responsáveis para descolorir o cabelo?

Então saiba que a Coca-Cola remove (ou pelo menos unifica) a cor do seu cabelo, então você poderá sair de casa com um novo visual de maneira bem fácil.

Para isso você precisar “limpar” o seu cabelo com 1 litro do refrigerante, tente deixar o seu cabelo de molho em um balde por alguns minutos. Depois disso, lave com o seu shampoo e condicionador normais.

Deixe seu para-lamas brilhando de novo com Coca-Cola

Como você já sabe que a Coca ajuda até mesmo a limpar o queimado das panelas, está na hora de saber que pode utilizá-la na hora de deixar o seu para-lamas bem brilhoso e bonito.

Para que você o tenha brilhando de novo, basta pegar uma esponja e derramar a Coca-Cola no local que você desejar brilhar, então esfregue até ter o resultado desejado!

Deixe suas janelas e para-brisas brilhando também!

Quando passamos muito tempo na estrada ou até mesmo após algum tempo sem lavar as janelas da sua casas, é comum ser complicado ver o que está acontecendo do lado de fora.

Então para limpar as janelas e o para-brisa você poderá colocar um pouco de Coca-Cola nesses locais e deixar agir por alguns minutos, lembre-se de esfregar para que os insetos do vidro sejam removidos.

Para as janelas da casa, procure colocar em um borrifador, assim evitará uma grande bagunça.

Esperamos que esse texto tenha sido útil para você e com ele você tenha aprendido diversas maneiras de limpar a sua casa apenas utilizando Coca-Cola. Compartilhe com seus amigos para que eles também descubram como deixar a sua casa limpa.

Misturas caseiras que você pode usar para limpar o box de forma muito fácil

0

O banheiro é um local que necessita muitos cuidados na hora de limpeza e o box por fazer parte dele, também necessita de atenção.

Muitas pessoas já possuem o box de vidro e nele se acumulam diversos resíduos, como xampu, condicionador, gordura corporal, dentre outros. Pelo fato do box ser de vidro, diversas manchinhas brancas acabam aparecendo e o deixando com uma aparência desagradável.

Esses resíduos podem grudar de tal maneira que mesmo esfregando de maneira forte e lavando em, eles continuam por lá. Então, pensando em você, nós trouxemos algumas misturas que podem te ajudar com esse problema.

Conheça algumas soluções caseiras para limpar o vidro do box

box
Aprenda como limpar o box do seu banheiro!

Bicarbonato, álcool, vinagre e sabão em pó para limpar o box

Para essa mistura você irá precisar de 1 colher de sopa de sabão em pó, 2 colheres de sopa de bicarbonato, 1 colher de sopa de álcool, 1 xícara de chá de vinagre branco de álcool e 1 xícara de chá de água morna.

Você fará a mistura e a colocará em um recipiente ou borrifador, fique atento para que ela esteja bem homogênea. Então, quando ela estiver pronta, aplique de maneira direta no Box e esfregue com o lado macio da esponja, deixe agir por 15 minutos e enxágue com água morna.

Amaciante e água para limpar o box

Para essa mistura você irá precisar apenas de 1/2 xícara de chá de água morna e 1/2 xícara de chá de amaciante de roupas e misturar os dois ingredientes.

Quando a mistura estiver homogênea, com o borrifador você aplicará por toda a superfície do box e esfregará com o lado macio da esponja em movimentos circulares.

Após concluir a limpeza, enxágue bem e seque com um pano!

Limão e bicarbonato para limpar box

Você precisará de 1/2 limão e bicarbonato de sódio para polvilhar em cima do limão, então você deverá esfregar a fruta diretamente no vidro do box.

Depois de esfregar por toda a superfície, limpe com água morna e seque com um pano. Saiba que o limão é um ótimo desengordurante e o bicarbonato remove manchas.

Vinagre e pasta de dente para remover as manchas do box

Para esses ingredientes, você não precisará fazer uma mistura, você só deverá passar no box um desengordurante ou detergente de sua preferência e enxaguar.

Logo depois, aplique a basta branca ( não pode ser colorida) em um pano e espalhe de maneira uniforme por todo o vidro, pois ela ajuda a tirar as manchas que não foram retiradas no primeiro passo, então remova o material com água.

Por fim, borrife ou aplique vinagre branco de álcool para que o seu box fique com brilho e então seque utilizando um pano.

Conheça alguns produtos para proteger o seu Box das manchas

Quando você terminar de fazer a limpeza e conseguir remover todas as manchas que estavam estragando o visual do seu banheiro, é possível que você aplique alguns produtos que podem ajudar a prevenir das manchas, sendo eles: cera para carro, removedor e lustra móveis.

Você pode fazer a aplicação deles utilizando um pano seco, distribuindo de maneira completamente uniforme por toda a superfície do box, esses produtos formarão uma película protetora contra as manchas de gordura, repelindo a água e facilitando na limpeza seguinte.

Dica extra

Para que o seu box não fique cheio de resíduos que tirariam o ar de limpeza, é importante que você o seque com um pano que não solte pelos, alguns materiais que ajudam nisso são panos de microfibra ou camiseta velha de algodão.

Além disso, é possível tirar o excesso da água utilizando um rodo pequeno, aqueles utilizados na pia, e cada vez que você tomar banho o utiliza para remover o excesso de água do vidro.

Maneira certa de limpar o banheiro e se ver livre dos germes

Agora que você já aprendeu a limpar o box, está na hora de aprender como limpar o restante do banheiro, pois afinal esse ambiente é um dos que mais acumula germes e bactérias.

Organize o seu banheiro antes da faxina

É importante que antes de começar a faxina, você coloque todos os produtos de higiene que irá utilizar durante o processo, além disso retire todas as toalhas e tapetes que o ambiente possui.

Limpeza das áreas do banheiro

Pia: para limpar a pia de maneira eficiente borrife os produtos limpa vidros nos espelhos e utilize um pano seco para tirar o excesso, depois com a esponja limpe a pia com a mistura de água e sabão em pó;

Vaso sanitário: você precisará utilizar a escova apropriada para a limpeza desse elemento, misturando a água e o sabão em pó, após esfregar bem, dê descarga e jogue o desinfetante. Você pode limpar as laterais do vaso e a tampa com um pano e álcool.

Ralo do banheiro: é comum que a sujeira se acumule no ralo, inclusive cabelos, que podem ocasionar o entupimento dele. Então, retire a tampa, remova o desconector e utilizando uma luva, passe o dedo na entrada da tubulação para ver se existe algum objeto ou até mesmo cabelos obstruindo a passagem. Depois, é só colocar o desconector na região e fechar a tampa do ralo.

Faxina nos azulejos: para limpar esses locais é importante que você utilize um removedor de gordura e passe um pano seco para remover o excesso, além disso é bom varrer com uma vassoura para retirar os fios de cabelo do chão e para finalizar, passe um pano úmido com água e desinfetante.

Se você deseja deixar o ambiente perfumado poderá pingar algumas gotas de óleos essenciais nos rolos de papel higiênico, tomando cuidado para utilizar produtos que não causem alergias.

Caso deseje saber mais sobre como deixar o seu banheiro com cheiro agradável, clique aqui e confira o nosso conteúdo.

Esperamos que esse texto tenha sido útil para você, compartilhe com seus amigos para que eles também saibam como tirar as manchas do box de uma maneira rápida e eficiente.

Além disso, caso você já tenha utilizado alguma dessas dicas, conte para gente através dos comentários como foi a sua experiência.

Cuidados que você deve ter na hora de limpar o seu micro-ondas

0

Para muitas pessoas o micro-ondas é o eletrodoméstico mais indispensável da cozinha, pois ele proporciona diversas facilidades, desde descongelar alimentos até a possibilidade de fazer receitas com ele.

Embora ele seja um eletrodoméstico muito utilizado, diversas pessoas esquecem que ele também precisa de cuidado na hora de limpar, isso ajudará para que a sua duração seja maior ainda.

O tempo médio que um micro-ondas tem de vida útil é em torno de 10 anos, podendo variar de acordo com a sua utilização. Agora que você parou para pensar nele deve estar se perguntando, como faço para higienizá-lo e impedir sua deterioração?

Saiba que você está no lugar certo, pois nós vamos te ajudar com isso. Confira:

Descubra a maneira correta de limpar o seu micro-ondas!

micro-ondas
Aprenda como limpar o seu micro-ondas de maneira rápida eficiente!

Quais produtos eu posso utilizar para realizar a limpeza do meu micro-ondas?

A primeira coisa que você precisa saber é quais são os produtos que podem ser utilizados na hora de limpar o seu micro-ondas, pois alguns deles podem acabar prejudicando o equipamento.

Detergente

Esse item está presente na casa de absolutamente todas as pessoas, pois ele é muito utilizado na limpeza das louças da cozinha por conta de sua ação desengordurante.

Então, fique tranquilo na hora de utilizar o detergente, você ainda poderá fazer uma mistura com água morna em um pote refratário, então colocá-lo direto no micro-ondas e ligar por cerca de um minuto ou até a água evaporar.

Vinagre

Muito utilizado na hora de temperar as saladas e aliado ao limão poderá ser usado para limpar o micro-ondas.

Pelo fato do vinagre ser rico em ácido acético se torna um ótimo desengordurante e desinfetante, para utilizá-lo na limpeza basta colocar os ingredientes junto com água e deixá-lo com o micro-ondas ligado por cinco minutos.

Limão

Você poderá cortar o limão em fatias e colocá-lo no fundo de um recipiente que possa ser utilizado no micro-ondas, ele precisará estar coberto de água e destampado, ligando-o em potência máxima por quatro minutos.

Essa ação facilitará na remoção das partículas dos alimentos que ficam grudadas nas paredes do aparelho.

Passo a passo de como limpar o micro-ondas

Quando você separar alguns dos ingredientes que foram citados acima, chegou a hora de botar a mão na massa e realizar a limpeza.

O primeiro passo é desconectar o micro-ondas da tomada, para que logo em seguida você possa passar um pano úmido com detergente sem o risco de levar um choque, então retire toda a sujeita da parte interior do aparelho.

Você também poderá utilizar o pano úmido com detergente por fora para tirar o pó e outras partículas, após passar o pano úmido, utilize um pano seco ou papel toalha para secá-lo.

Lembre-se de ter muito cuidado com o painel de controle, pois ele não deve ser molhado, caso aconteça poderá danificar o seu aparelho, nessa área opte apenas pelo pano seco.

Por fim, você deverá pegar o prato giratório que pode ser removido e fazer a sua lavagem na pia utilizando a esponja e o detergente.

Tenha em mente a importância de deixar o prato esfriar antes de levar, principalmente caso você tenha feito o processo do vinagre ou limão antes de iniciar a limpeza, pois o contato com a água gelada poderá fazer com que o prato quebre ou trinque.

Simples assim você estará com o seu micro-ondas cheiroso e limpinho para ser utilizado por muitos e muitos anos. Muitas pessoas acreditam que limpar esse aparelho pode ser muito difícil e tem a necessidade de processos complexos, então mostre a elas que não é necessário!

Aprenda como higienizar de maneira eficiente o forno elétrico

Outro eletrodoméstico que é necessário fazer limpezas de maneira regular é o forno elétrico, pois é comum fazermos preparos que acabem engordurando grande parte dele.

Uma das maneiras de você realizar a limpeza do seu forno elétrico é com bicarbonato de sódio, sendo necessária a preparação de uma pasta.

Para preparar essa pasta você precisará pegar um pote e misturar 1/2 xícara de bicarbonato de sódio com 3 colheres de sopa de água, caso você deseje uma pasta mais líquida, você poderá adicionar mais água.

É importante salientar a suma necessidade de utilizar luvas na hora de realizar essa mistura e quando for aplicá-la, pois o bicarbonato de sódio pode causar lesões em sua pele.

Para preparar o forno para receber a mistura, você deverá esvasiá0lo, retirando quais quer objetos que estejam dentro dele, inclusive a grade. Então comece raspando toda a sujeira que está de maneira superficial utilizando uma espátula de plástico ou silicone.

Caso você não tenha nenhum desses utensílios em casa, você poderá utilizar um pano com água, não sendo necessário aplicar muita força, apenas a necessária para a remoção das crostas mais superficiais.

Depois que você terminar o primeiro processo é a hora de aplicar a sua pasta de bicarbonato com um pano ou esponja, espalhe-a por todo o interior do seu forno, não existindo a necessidade de esfregar muito.

Isso porque o bicarbonato faz o seu trabalho através de reações químicas com o material que estiver na superfície. Então o deixe agir, de preferência durante a noite, além disso, deixe o forno fechado enquanto a pasta está agindo.

Na manhã seguinte, você já poderá retirar a pasta utilizando uma esponja ou pano com água quente. A água com bicarbonato de sódio irá ter retirado toda gordura que estava acumulada.

No momento em que você retirar toda a mistura poderá aplicar vinagre por todo interior, pois ele irá reagir com o bicarbonato que sobrou e limpará ainda mais, então basta retirar tudo novamente.

Lembre-se de limpar as grades e pronto o seu forno estará limpinho, livre de quais quer gorduras que prejudiquem a sua utilização.

Esperamos que esse texto tenha sido útil para você, compartilhe com seus amigos para que eles também saibam como realizar a higienização adequada do micro-ondas e ainda prolongar a sua vida útil.

Além disso, não deixe de comentar a sua opinião sobre o nosso artigo, pois ela é muito importante para nós!

Dicas para limpar sua panela antiaderente da forma correta

0

Um dos utensílios mais utilizados pelas pessoas em suas cozinhas é a panela antiaderente, pois com ela é possível preparar refeições rápidas e muito gostosas.

No entanto por mais rápido que seja o preparo dos alimentos, a hora de realizar a limpeza é bem mais demorada e requer certos cuidados para que a sujeira não se acumule.

Pensando em você e em como melhorar a limpeza das suas panelas, nós trouxemos algumas dicas para que você consiga manter a antiaderência por um tempo mais prolongado. Confira:

Aprenda como limpar a sua panela antiaderente de maneira eficiente

panela antiaderente
Saiba como limpar a sua panela antiaderente para que ela não perca suas características!

Limpe a sua panela antiaderente logo em seguida que você utilizá-la

Fazer a higienização de sua panela logo após o uso dela fará com que a antiaderência se mantenha por mais tempo, pois a demora para limpar é um dos principais motivos para a perda dessa característica.

Muitas vezes quando se demora para limpar, alguns restos de comida e gordura tornam-se mais rígidos e difíceis de tirar, assim surgindo a necessidade de utilizar mais força na hora de lavar.

Por esse motivo, quando você terminar de utilizar a sua panela antiaderente já coloque ela de molho com água e sabão, caso ainda fique alguma sujeira é aconselhado a utilização de água morna, pois ela ajudará a soltar a sujeira do fundo da panela sem arranhar.

Não utilize esponjas de aço

Sempre que você for limpar a sua panela procure utilizar o lado mais macio da esponja e em hipótese alguma utilize esponjas abrasivas, como a de aço, para fazer a higienização.

As esponjas de aço provocam diversos arranhões e consequentemente riscos a camada superficial do recipiente, prejudicando a sua capacidade de antiaderência.

Se for possível, utilize até mesmo um pano para realizar a limpeza, pois será de uma maneira mais delicada e sucinta, preservando as características do material.

Pasta de bicarbonato de sódio para a sua panela antiaderente

Se você precisa fazer uma limpeza mais pesada na sua panela antiaderente, que não seja suficiente apenas sabão para louças e água, você poderá fazer uma pasta que tem como base o bicarbonato de sódio e detergente.

Essa mistura que você irá preparar vai ajudar na remoção das sujeiras e resquícios, sem que você precise empregar uma grande quantidade de força na hora de limpar a sua panela.

É importante saber que essa combinação é ecologicamente correta, ou seja, você ajuda o meio ambiente por não poluir utilizando outros produtos que o prejudicam.

Unte a sua panela antiaderente na hora de utilizar

Para que a limpeza da panela seja feita de uma maneira mais rápida e prática, além de prolongar a duração da antiaderência, você poderá utilizar alguns alimentos como: óleo, azeite ou margarina antes de começar o cozimento.

Nós sabemos que o principal motivo para as pessoas irem atrás das panelas antiaderentes é justamente diminuir a ingestão de óleos e gorduras, contudo você poderá utilizar uma quantidade muito menor.

Ao acrescentar um gota de óleo, você poderá espalhar por toda a superfície que já ajudará muito na hora de realizar o manuseio. Além disso, garante que os alimentos serão retirados com facilidade e será diminuída a quantidade de resquícios presos a panela.

Descubra como o tipo de bucha impacta na hora de lavar a louça

Como nós estamos falando de limpeza de panelas, é importante que você saiba que o tipo de bucha que você utiliza pode impactar diretamente na duração de sua louça da cozinha.

Nós sabemos que ela é essencial no dia a dia de todos, pois sem ela não seria possível higienizar de maneira rápida e eficiente cada um dos itens, agora você vai descobrir como cada tipo pode influenciar.

Por quanto tempo a esponja deve ser utilizada?

É recomendada que a utilização da esponja não supere 15 dias, pois quanto mais tempo você utilizá-la maior será a quantidade de germes e bactérias presentes, além de perder completamente a sua eficácia.

Caso você queira saber um pouco mais sobre as esponjas e como elas se comportam em relação a germes e bactérias, você poderá clicar aqui.

Tipos de bucha de prato

  • Esponja multiuso: esse é o modelo mais utilizado e reconhecido no mercado, sendo utilizada na hora de lavar talheres, louças, potes e pratos. Tudo isso porque possui dupla ação, tendo um lado mais macio – para limpezas mais delicadas- e outro lado mais áspero – para limpezas que precisam ser mais abrasivas.
  • Esponja prateada: você provavelmente já a viu em algum momento, então saiba que ela é recomendada para limpeza de cristais, por conta da sua composição ter poliéster e poliuretanos, sendo mais delicada e durável.
  • Esponja não risca: o próprio nome já entrega qual é a sua principal finalidade, não riscar a superfície dos utensílios, sendo ideal para locais delicados e antiaderentes.
  • Lã de aço: é provável que você a conheça como Bombril, sendo utilizada diariamente para limpezas mais pesadas ou polimento de objetos de metal ou alumínio.
  • Esponja de aço: ela é feita do mesmo material da esponja acima, contudo possui fios mais grossos e também é utilizada em limpezas mais pesadas.
  • Esponja Natural: essas esponjas são literalmente vindas da natureza, encontradas no mar ou em árvores e são muito utilizadas na limpeza de janelas de vidro, carros e motos, pois são muito macias e de rápida absorção.
  • Esponja de celulose: esse tipo é utilizado para limpeza de pisos e revestimentos.
  • Esponja mágica: ela é aconselhada para a limpeza de paredes e banheiros.
  • Esponja salva unhas: essa é utilizada na hora de fazer as unhas para que elas não se encostem e estraguem o serviço realizado.

Essas são as principais buchas que você irá encontrar no mercado e agora que você já sabe para o que são mais indicadas, nunca mais irá ter o problema de ficar com sua louça riscada.

Esperamos que esse texto tenha sido útil para você, compartilhe com seus amigos para que eles também aprendam como limpar a panela antiaderente de maneira mais eficiente. Além disso, se já usou da técnica, deixe a sua experiência nos comentários.

Truques para deixar o seu banheiro sempre perfumado

0

O banheiro é um local da casa que as pessoas possuem muita preocupação por conta de seus maus odores, por isso estão sempre atrás de maneiras de deixá-lo cheiroso e com um aspecto mais agradável.

Se você faz parte do grupo de pessoas que está sempre achando o seu banheiro com cheiro ruim, saiba que você está no lugar certo, pois nós iremos dar algumas dicas sobre como se livrar do mau cheiro! Confira:

Conheça as principais dicas sobre como deixar o seu banheiro perfumado

banheiro
Aprenda como se livrar de vez do mau cheiro do seu banheiro!

Mantenha o ambiente bem arejado

Para que o seu banheiro fique livre de maus odores é importante mantê-lo sempre arejado, fazendo com que o ar circule de maneira constante.

Isso é necessário porque a úmida que contém nele pode fazer com que exista a proliferação do mofo entre os azulejos, no piso e no teto, além de ajudar a tornar o ambiente propenso a proliferação de fungo, ambos trazendo mau cheiro.

Sempre após o seu banho, deixe as portas e janelas abertas, assim o ar irá circular e caso o seu banheiro possua um ventilador, deixe-o ligado por algum tempo. Outro ponto a ficar atento na hora da circulação é deixar o box aberto.

Não se esqueça das toalhas e tapetes

Essa pode ser uma dica que você considera boba, contudo é necessária, pois da mesma maneira que os azulejos e piso úmidos ajudam na proliferação do mau cheiro.

Então troque as toalhas de maneira frequente, além de realizar a limpeza regular do tapete, pois pelo fato do banheiro não ter iluminação e ventilação suficiente não é possível que esses itens sequem de maneira adequada.

Como foi possível perceber, a peça fundamental é tentar evitar que a umidade fique impregnada no ambiente, pois ela é responsável por boa parte do cheiro desagradável.

Faça a limpeza dos ralos do banheiro periodicamente

Quando você for realizar a limpeza do seu banheiro, é sempre bom lembrar de limpar os ralos, pois muitas vezes ficam presos os fios de cabelo mais finos que quando se acumulam dentro dele não deixam com que a água passe de maneira eficiente.

Pelo fato da água não passar da maneira que deveria, ela fica acumulada por um maior período de tempo, então faz com que o surja o cheiro que você não deseja.

A limpeza pode ser realizada com uma colher de solda cáustica dissolvida em um litro de água, sempre utilize luvas durante o procedimento para que não exista o perigo de reações alérgicas, por ser um produto abrasivo.

Limpe os cestos de lixo

O cesto de lixo é responsável por uma parte do odor ruim, então é importante que você faça a limpeza dele de maneira regular e procure protegê-lo com saco plástico que facilitará na hora da retirada do lixo.

Então, sempre que for lavar o banheiro, não deixe de dar uma limpada no cesto do lixo, além disso é também aconselhável a colocar naftalina em seu fundo, algo que ajuda a combater o cheiro desagradável.

Limpe o vaso sanitário do seu banheiro regularmente

Você provavelmente coloca a culpa do mau cheiro do seu banheiro no vaso sanitário, então é importante limpá-lo diversas vezes ao dia, de preferência a cada vez que você o utiliza.

Para que ele tenha um cheiro mais agradável, você poderá despejar água sanitária, desinfetante e até mesmo detergente, sempre utilizando a vassourinha para espalhar o produto de maneira eficiente, não é necessário que você dê descarga, deixe os produtos agirem.

Utilize absorventes de odor

Existem substâncias químicas que são capazes de absorver o odor dos ambientes, algumas delas são bicarbonato de sódio e vinagre branco, você poderá utilizá-las como parte da decoração do seu banheiro, dentro de um vaso de flor ou recipiente ornamental.

Outras substâncias que fazem esse papel são: cravos, canela em pau e carvão ativado.

Limpe o seu banheiro todos os dias

Se o seu hábito é fazer uma limpeza mais pesada no banheiro uma vez por semana, consegue perceber que no final da limpeza o cheiro está bem agradável, contudo no dia seguinte o cheiro já não é o mesmo.

Como é possível perceber isso, saiba que uma ação simples é capaz de melhorar isso, tudo o que você precisa fazer é passar um esfregão com desinfetante, principalmente próximo ao vaso sanitário.

Apenas com esse pequeno esforço diário você manterá o seu banheiro com um cheiro melhor durante o dia inteiro, não havendo constrangimentos.

Invista em produtos naturalmente perfumados para o seu banheiro

Algo que pode dar um toque mais que especial em seu banheiro é o investimento em produtos que tenham uma fragrância agradável ao ambiente, existindo uma série de possibilidades.

Você poderá comprar velas aromáticas, incensos, difusores de madeira mergulhados em óleos essenciais e difusores elétricos fazem parte delas.

Extra: As cores podem ajudar muito na aparência do seu banheiro

Existem pessoas que gostam de banheiros com cores escuras, até mesmo o vaso sanitário em um tom mais fechado, contudo isso poderá contribuir para que o seu banheiro possua um aspecto desagradável.

Então se você for reformar o seu banheiro e gosta de cores claras, opte por comprar azulejos com cores claras, balcões e acessórios também, pois isso fará com que a peça pareça mais ampla e limpa.

Além disso, você poderá usar e abusar da decoração com cores fortes caso goste, sendo um dos itens os tapetes que dão um toque especial em qualquer ambiente.

Caso você deseje saber mais sobre tapetes, você poderá clicar aqui e ir para o nosso artigo dedicado a esse item responsável, muitas vezes, por dar vida aos locais.

Esperamos que esse texto tenha sido útil para você, compartilhe com seus amigos para que eles também tenham  os seus banheiros sempre cheirosos. Além disso, conte para gente se você já utilizou alguma dessas dicas e se deu certo.

10 curiosidades incríveis sobre esponja de cozinha

0

A esponja de cozinha é um item que está disponível em todas as residências do país, pois ela é muito utilizada para a higienização dos utensílios utilizados nas cozinhas.

Como é algo muito utilizado por todos, nós resolvemos trazer algumas curiosidades sobre ela. Confira:

 Descubras as 10 curiosidades sobre a esponja de cozinha

esponja de cozinha
Saiba tudo sobre as esponjas de cozinha e como elas podem armazenar bactérias!

Você provavelmente não consegue imaginar a sua limpeza sem as esponjas, estando presente na vida de todas as pessoas de alguma maneira. Aqui no Brasil, elas são normalmente nas cores amarela e verde.

Algo interessante é o fato da esponja que tem como especialidade “cuidar da limpeza” seja um item muito sujo com milhares de microrganismos que podem causar doenças aos seres humanos.

Se fosse possível enxergar as bactérias a olho nu, é bem provável que ninguém tira coragem de utilizá-la, muito menos durante longos períodos de tempo.

No entanto, você não precisa se preocupar e sair colocando todas as esponjas fora, nós vamos dar algumas dicas de higienização e contar algumas curiosidades nesse texto.

Você sabia que a esponja de cozinha é mais suja que o assento do vaso sanitário?

Não, você não leu errado, a esponja é considerada o item mais sujo da sua casa e pode conter até 200 vezes mais germes e bactérias que um assento do vaso sanitário.

Milhões de bactérias

Existem estudos que comprovam que as esponjas possuem, nada mais nada menos, que mais de 10 milhões de bactérias por centímetro quadrado, sendo um número bem elevado.

Água quente higieniza a esponja de cozinha

Para que você mantenha a sua esponja o mais limpa possível, é importante saber como limpá-la de maneira eficiente, para que não siga contaminando os seus utensílios domésticos.

De acordo com especialistas da Global Hygiene Council, entidade responsável por discutir normas e procedimentos de limpezas através do mundo inteiro, uma maneira eficiente para eliminar os germes é lavá-las de maneira regular com água que esteja com uma temperatura superior a 60 graus célsius.

Contaminação geral

Por sua esponja estar contaminada, é evidente que tudo o que você “limpar” com ela também estará, então panos de prato e tábuas que são utilizadas na manipulação de alimentos, também possuem alto índice de contaminação.

Saiba que esses elementos podem se contaminar através de carne crua, alimentos de feira mal higienizados, dentre diversas outras opções.

Poros da esponja de cozinha

A contaminação da esponja se dá a partir da seguinte forma: como ela cheia de poros (furinhos), ao remover os restos de comida de pratos, talheres e tábuas da cozinha, todos os agentes patogênicos (aqueles que causam doenças) acabam se hospedando na superfície.

Então, quando você termina de lavar tudo, não deixe ela úmida ou em locais que facilitem a reprodução das bactérias, pois elas podem se reproduzir de maneira bem rápida.

Salmonela e E.coli

Existem alguns alimentos que quando estão crus podem conter as temidas Salmonela e E.coli, sendo estas bactérias responsáveis por causar intoxicação alimentar, diarreia, infecções urinárias, pneumonias, dentre outras doenças.

Então, procure cozinhar bem todos os alimentos antes de ingerir para que sejam evitados problemas, além de sempre higienizar bem a esponja de cozinha

Cor, textura e cheiro da esponja de cozinha

Os três itens citados acima são bem importantes na hora de saber como está a “saúde” de sua esponja, se já existe a necessidade de joga-la fora ou se ainda é possível utilizá-la por mais um período.

Caso a sua esponja esteja com todos os aspectos citados de maneira desagradáveis, jogue-a no lixo, além disso procure trocar em curtos períodos de tempo, no máximo 2 semanas.

Reciclagem da esponja de cozinha

As esponjas de cozinha são produzidas através de polímeros, um material plástico, e podem ser reaproveitadas ao servirem de matéria prima para a fabricação de diversos itens como lixeiras, baldes, pás de lixo, etc.

Descubra como higienizar a sua esponja da cozinha de maneira eficiente

Higienização com água sanitária

Uma das maneiras de você higienizar a sua esponja corretamente é utilizar uma mistura com uma parte de água sanitária e nove partes de água limpa. Quando você terminar de limpar a cozinha, mergulhe a esponja nessa solução por 30 segundos, então esprema e guarde em um local longe da umidade.

Você também poderá substituir a água sanitária por água oxigenada de 10 volumes ou peróxido de hidrogênio misturado na água em quantidades iguais.

Higienização no micro-ondas

Você pode achar estranho, mas o micro-ondas pode ser muito útil na hora de deixar a sua esponja livre de bactérias indesejadas, para isso é necessário colocar água em uma tigela, mergulhar a esponja e levar até ele.

Deixe-a por dois minutos e então retire a esponja, quando ela resfriar, esprema e guarde em um local seco.

Deixe a sua esponja sempre seca

Uma maneira de manter a sua esponja longe de bactérias é procurar deixá-la sempre seca. Depois que terminar de utilizá-la a enxágue com bastante água corrente (até parar de espumar) e então torça de maneira forte.

Além disso, como citado anteriormente, guarde-a em um lugar seco, onde a água restante possa escorrer, sendo uma boa dica o próprio escorredor de louça.

Cuidado com os produtos que utiliza

O produto aconselhado para ser utilizado juntamente com a esponja é o detergente, pois ele possui características antibactericidas que ajudam na desinfecção da esponja.

Então, não utiliza a esponja com sabão líquido ou em pedra, pois eles não possuem as mesmas propriedades que o detergente, ou seja, não desempenham o papel de maneira efetiva igual a eles.

Esperamos que esse texto tenha sido útil para você, compartilhe com seus amigos para que eles também saibam as curiosidades sobre a esponja de cozinha e quais são as maneiras eficientes para que elas não fiquem infectadas. Deixe a sua opinião nos comentários, pois ela é muito importante para nós.

Conheça o melhor modelo de secadora de roupa para sua casa

0

Um dos itens mais úteis no inverno é a secadora de roupa, pois por conta da umidade e das constantes chuvas é bem complicado conseguir secar suas roupas de maneira natural.

Neste texto você irá aprender um pouco sobre as principais secadoras de roupas e quais são as respectivas vantagens em ter cada uma.

Confira as principais secadoras de roupa

Graças ao avanço da tecnologia, nós não precisamos depender do tempo para secar qualquer tipo de roupa, desde as mais pesadas até as mais leves, pois com a secadora de roupa é possível fazer isso de maneira rápida e eficiente.

secadora de roupa
Saiba tudo o que é necessário sobre as secadoras de roupas.

Secadora de roupas de Parede

Como o próprio nome já diz, as secadoras de parede são instaladas suspensas, sendo perfeitas para aquelas lavanderias que não possuem um espaço muito amplo.

Esse modelo, em sua maioria, possuem varas e cabides para as secagem das roupas. Conheça alguns dos modelos:

Secadora de roupas Muller Sun

Ela foi projetada pensando em pessoas que não dispõem de muito espaço, pois quando ela não está sendo utilizada é possível até mesmo dobrá-la contra a parede. Esse equipamento possui uma câmara de secagem de PVC, possuindo 6 cabides removíveis, para que as roupas sequem sem ficar com frisos.

É importante que você se atente ao peso que ela comporta, sendo até 8 kg de roupas úmidas.

Secadora de roupas Mueller Solaris

Essa secadora Solaris possui 5 cabides removíveis e possui seis varões, para que a secagem de vários tipos de roupa seja possível ao mesmo tempo.

Além disso, possui 4 modos de secagem, podendo escolher com ar quente ou ar frio, tendo a capacidade de 8 kg de roupas úmidas e sistema de dobra fácil.

Secadora de Piso

Esse tipo de  secadora ocupa um maior espaço, contudo possui o lado positivo de ter uma maior capacidade de secagem de roupa, ou seja, você poderá secar até mesmo peças pesadas como cobertores e ederedons.

Além disso, possui uma ampla variedade de funções e programas de secagem, sendo ideal para os mais diversos tipos de tecido. Agora conheça alguns modelos:

Secadora de Roupa Brastemp Ative

Essa secadora de roupa possui cinco modo de secagem diferentes, mais o ciclo desodorizador, sendo muito útil para exterminar com o mau cheiro das roupas , e o passe fácil, responsável pelo sistema de vaporização, auxiliando na hora de dobrar a roupa, pois ela sairá sem vincos e rugas.

Ela possui a capacidade de até 10 kg de roupa molhada, sendo superior as secadoras citadas anteriormente.

Secadora de Roupa Midea

Se você mora em uma casa com muitas pessoas, sabe que o fluxo de roupas é muito grande, então consequentemente a quantidade de roupa a ser seca também, então saiba que a Secadora de Roupa Midea é ideal para você, pois suporta até 11,2 kg de roupas completamente molhadas.

Sendo muito moderna, possui um painel eletrônico e tem 16 programas de secagens diferentes, incluindo: desodorização, roupa de bebê e modo de passar.

Além de possuir um sensor capaz de detectar o nível de umidade que as peças estão, desse modo otimizando o tempo de secagem e ajudando na economia de energia.

Conheça algumas dicas para usar a secadora de roupa

Agora que você já sabe sobre os modelos das secadoras, está na hora de ficar atento a algumas dicas para otimizar o consumo de energia e o tempo que vai demorar para secar.

Examine os bolsos

É muito importante que antes de colocar as roupas em sua máquina de secar olhar todos os bolsos, pois objetos perdidos poderão prejudicar o equipamento caso sequem junto com a roupa.

Alguns pequenos objetos esquecidos nos bolsos, podem cair e entrar pelas frestas da máquina, estragando-a e trazendo mais gastos.

Fique sempre atento aos detalhes

Sempre feche os zíperes, prenda laços e pingentes, além de abotoar os botões, pois isso protegerá os adereços e manterá a integridade da peça.

Procure evitar colocar na máquina Distroyed Clothes, ou seja, roupas que tenham detalhes rasgados ou furados, pois a tendência é que a máquina aumente esses itens, deixando a peça de uma maneira estranha.

Siga as orientações da etiqueta de suas roupas antes de colocá-las na secadora de roupa

Em todas as etiquetas possui a orientação da melhor forma de secar a peça que você utilizou, terá especificado se ela pode ir na secadora e qual a temperatura que irá suportar nesse caso.

Respeite o tempo de secagem das peças

Algumas pessoas possuem receio em utilizar a secadora de roupa por muitas vezes as peças diminuírem, contudo você precisa saber que elas apenas diminuem por conta da secagem excessiva.

Então, para evitar que as suas peças encolham é importante que você respeite o ciclo de secagem que ela impõe, para que assim elas conservem sua umidade natural, não enrugando nem encolhendo.

Resfrie suas roupas depois da secadora de roupa

Se você quer evitar que suas roupas amassem ou enruguem fora da secadora, após retirá-las, deixe-as em contato com a temperatura ambiente ou até mesmo com temperaturas mais frias.

Esse pequeno detalhe fará com que as peças desamassem, podendo ser dobradas e guardadas logo em seguida.

Mantenha sua secadora de roupa limpa

Algo comum é que as suas roupas soltem fios e outros materiais resultando no acúmulo de pó e sujeira em sua secadora, então sempre a limpe após a utilização, pois isso ajudará na manutenção de sua máquina.

Não extrapole os limites de sua secadora

Muitas pessoas para poupar tempo acabam extrapolando o limite que a sua secadora aguenta, pois saiba que isso não é recomendado, pois prejudicará o desempenho do equipamento.

Ao respeitar o limite estipulado, suas roupas ficarão dispostas de maneira adequada, sendo realizado um ciclo com maior eficiência e sem que elas fiquem amassadas.

Nunca coloque roupas sujas

Se você colocar roupas sujas em sua secadoras e elas estão manchadas, saiba que o calor fará com que elas se fixem ainda mais, por esse motivo é importante sempre ter certeza que as peças estão bem limpas antes de colocá-las na secadora.

Esperamos que esse texto tenha sido útil para você, compartilhe com seus amigos para que eles também saibam quais são os principais modelos que manterão suas roupas sempre sequinhas.

Caso você já tenha uma secadora de roupas, conte para gente qual a sua experiência.

Ar condicionado, ventilador ou climatizador? Saiba qual a melhor opção!

0

Quando o calor começa a se aproximar é comum lembrarmos do ar condicionado, ventilador ou climatizador, então surge aquela dúvida, qual é a melhor opção?

Para a sua sorte, nós trouxemos as informações mais importantes sobre cada um desses três itens para que você veja qual se adequa mais a sua situação atual. Confira:

Conheça as principais diferenças entre o ar condicionado, ventilador e climatizador

Ar condicionado
Descubra se ar condicionado, ventilador ou climatizador é melhor para a sua situação.

Como o verão está chegando, é importante que você já comece a investir no seu conforto, pois ninguém merece passar pelo período mais quente do ano sem estar confortável.

Quando você passa por grandes períodos dento de um ambiente que bate sol, é importante que ele esteja climatizado para que todos diante da exposição não se sintam mal.

Por isso nós vamos mostrar como funcionam os principais aparelhos responsáveis por amenizar o calor nos dias muito quentes.

Ventilador

É provável que todas as pessoas já conheçam o ventilador, pois dentre todos é a opção mais econômica, tanto no quesito valor quanto no quesito consumo de energia.

Além dele ser um grande aliado às finanças, ele é um produto extremamente versátil que pode ser encontrado de diversas maneiras em diversos ambientes da casa.

Um dos critérios mais importantes de levar em consideração na hora de escolher o ventilador é o número de pás que possui, além da inclinação e a sua potência.

Modelos de ventilador

Ventilador de mesa

ar condicionado

Esse tipo é uma boa opção quando a área a ser ventilada é menor, sendo silencioso e adaptável a diversas situações, ou seja, perfeito para aquelas pessoas que não conseguem dormir com barulho.

Ventilador de coluna

ar condicionado

O ventilador de coluna é uma das melhores opções por existir a possibilidade de ajustar a altura que deseja, além de possuir uma área de ventilação mais ampla por conta do tamanho das pás.

Ventilador de teto

ar condicionado

Esse tipo de ventilador é responsável por distribuir de maneira mais uniforme o vento por todo ambiente, sendo uma ótima opção para aqueles lugares maiores, contudo não é possível movê-lo de lugar com tamanha facilidade como os anteriores.

Para a instalação de um ventilador de teto é importante chamar um eletricista de sua confiança, para que não exista nenhum perigo na parte elétrica, mesmo caso do ar condicionado.

Climatizadores

ar condicionado

Eles são responsáveis por fazer o ar circular, melhorando a qualidade dele, principalmente a umidade, sendo muito importante para aquelas pessoas que vivem em áreas extremamente secas.

Já que são recomendados para aquelas pessoas que moram em áreas mais secas, contam com reservatório de água que enquanto está funcionando, faz com que ela evapore e deixe o ambiente mais úmido e fresco.

Ar condicionado

Sem dúvidas o ar condicionado é o queridinho de todas as pessoas, pois eles possibilitam um conforto maior do que as opções anteriores.

No entanto é preciso ficar bem atento em relação ao seu consumo de energia, além do fato de seu custo inicial ser mais caro e necessitar da instalação através de mão de obra especializada.

O ar condicionado possui uma capacidade de resfriamento muito superior, causando uma sensação térmica muito mais agradável, além disso possui a sua potência medida através de BTUs.

Para saber quantos BTUs o ar condicionado precisa ter para resfriar o ambiente de maneira eficiente, é necessário saber qual o tamanho do cômodo, basicamente seguindo a tabela abaixo:

10m² – 7.000 à 7.500 BTUs

15m² – 7.500 à 10.000 BTUs

20m² – 12.000 à 15.000 BTUs

30m² – 15.000 à 18.000 BTUs

50m² – 21.000 à 30.000 BTUs

Agora que você já sabe como descobrir a potência ideal do ar condicionado, confira os seus principais modelos.

Modelos do ar condicionado

Ar condicionado de Janela

ar condicionado

Esse tipo é indicado para cômodos menores, sendo o condensador e o evaporador em um único aparelho. O lado negativo desse aparelho é a necessidade de fazer um buraco maior para a sua instalação na parede.

Ar condicionado Split

ar condicionado

O ar condicionado Split é o modelo mais comum, em que existe dois aparelhos, a evaporadora fica dentro do ambiente que você deseja resfriar e a condensadora na parte exterior da casa.

É possível que você o encontre em diversas potências e com um controle de temperatura mais preciso que o anterior, além do fato do buraco ser bem menor.

Ar condicionado Portátil
Descubra se ar condicionado, ventilador ou climatizador é melhor para a sua situação.

Esse modelo é perfeito para as pessoas que não desejam ter uma instalação fixa e querem ter a possibilidade de trocá-lo de lugar.

Com ele é possível resfriar, desumidificar e ventilar o ambiente que você desejar .

Como economizar luz utilizando o ar condicionado

Como nós dissemos que o ar condicionado possui um custo mais elevado que os demais, nós vamos dar algumas dicas para que você possa utilizá-lo e economizar na conta de luz.

  • Tente manter o seu aparelho sempre ligado nos 23 graus;
  • Desligue as luzes enquanto ar estiver ligado;
  • Utilize a função sleep;
  • Faça a limpeza do seu aparelho de maneira regular;
  • Não compre aparelhos com uma potência maior que a necessidade de seu ambiente;
  • Modelos inverter refrigera de forma constante e com economia;
  • Não deixe a parte externa exposta ao sol;
  • Coloque o aparelho em pontos alto do cômodo;
  • Sempre feche as portas e janelas do ambiente em que o ar condicionado está funcionando;
  • Tente evitar que o sol bata no ambiente que precisa ser refrigerado;
  • Coloque um ventilador em frente ao ar condicionado e espere ele espalhar o ar gelado por todo o cômodo;
  • Um balde de água em frente ao aparelho ajuda a resfriar o ambiente com uma maior rapidez;
  • Combine a utilização do ar condicionado com os climatizadores de ar.

Ao colocar essas dicas em prática, você conseguirá economizar de maneira eficiente na conta de luz e ainda fará com que a vida útil de seu aparelho aumento, pois ao fazer essas ações, você estará diminuindo o esforço do aparelho.

Se esse texto foi útil para você, compartilhe com seus amigos para que eles também descubram se o ar condicionado, ventilador ou climatizador é melhor para a situação. Caso você já tenha utilizado alguma dessas opções, conte para nós através dos comentários a sua opinião.

Melhores dicas para escolher o tapete ideal para sua decoração

0

Um dos itens que dão grande diferença na decoração do seu ambiente é o tapete, pois ele é capaz de dar o ar que você desejar para onde você desejar.

Se você sente dificuldade na hora de escolher um tapete e não faz ideia de quais critérios utilizar na hora da avaliação se o item é bom ou não, saiba que você está no lugar certo.

Confira algumas dicas para escolher o tapete ideal para a sua decoração!

Dicas de como escolher um tapete para sua decoração!

tapete
Conheça as principais dicas na hora de escolher o tapete ideal para o seu ambiente!

O tapete é o item responsável por acrescentar estilo, delimitar limites e facilitar a maneira que você irá dispor os móveis pelo cômodo.

Conforme o tempo foi passando, ele também foi se modificando, tendo de todos os estilos, tamanhos e materiais que você possa imaginar, tendo tamanha variedade é importante que você esteja atento a alguns detalhes.

Deixe para escolher o tapete por último

Grande parte dos decoradores e arquitetos costumam aconselhar os seus clientes a escolherem o tapete por último, pois assim já estarão definidos todos os móveis e cores que estarão dispostos no ambiente.

Deixá-lo por último ajudará na hora de visualizar qual tapete irá complementar a decoração de maneira mais harmônica e eficiente.

Fique de olho no tamanho

O tapete ajudará você a delimitar o tamanho do cômodo, então na hora de escolher o seu tamanho, saiba qual o tamanho dos móveis e do ambiente que você deseja delimitar.

É aconselhável que em salas de estar e televisão, os tapetes tenham, pelo menos, a mesma largura do sofá, além de ficar 20 centímetros abaixo de cada móvel que está decorando o ambiente.

Se você deseja colocar um tapete embaixo da mesa de jantar, o que deve ter maior atenção é se o tapete cobre toda a área ocupada pelas mesas e cadeiras, dessa maneira evitando que aconteça acidentes na hora da movimentação.

Então, lembre-se de tentar encontrar um tapete nas dimensões que ficarão harmoniosas, pois tapetes muito grandes ou muito pequenos causam estranheza.

Conheça o seu estilo de vida para escolher o material do tapete

Ter o conhecimento sobre o estilo de vida que você possui é muito importante na hora de escolher o material do tapete que estará em cada ambiente.

Por exemplo, se o local que você colocará o tapete possui muita circulação – passagens e corredores – é interessante que o tapete tenha uma gramatura mais baixa, para um menor acúmulo de sujeira.

Já se você deseja colocar na sala de televisão e em quartos, onde existe um menor fluxo de movimento, permanecendo sentados por longos períodos de tempo, pode-se escolher alguns modelos com a gramatura mais grossa.

Cores e estampas

Como você terá seguido a nossa primeira dica que se refere em escolher o tapete por último, terá o conhecimento exato de quais são as cores e texturas que envolvem o seu ambiente.

Então, se o seu ambiente ficou muito neutro, está na hora de usar e abusar de um tapete colorido ou estampado, dando ao cômodo um ar mais alegre e descontraído, ainda tendo a possibilidade de itens de decoração que remetam às tonalidades do tapete.

Uma boa dica para você levar para ambientes com crianças, é a utilização de tapetes com tons mais escuros e neutros, pois eles disfarçarão possíveis manchas e sujeiras ocasionadas por elas.

Dicas de como decorar ambientes com tapetes

tapete

Sobreposição

Se você gosta de criar visuais diferentes para os seus ambientes e gosta de decorações com bastante sobreposições, saiba que você pode utilizar esse critério na hora de comprar os tapetes.

Utilizar a sobreposição de tapetes é uma tendência e sua utilização vem desde os tempos do carpete, o melhor de tudo é que não existem muitas regras para deixar o ambiente harmonioso, apenas a sugestão é deixar uma peça mais básica – que possui um tom mais neutro ou possui fibra natural- e um tapete por cima, em que o limite será a sua imaginação.

Na parede

Você pode achar essa opção um pouco estranha, mas saiba que ela vem fazendo muito sucesso nas redes sociais e nas feiras de design manual, sendo uma grande aposta para aquelas pessoas que desejam decorar suas casas.

Utilizar um tapete na parede resgata o ar ancestral de diferentes formas e estilos, perfeito para dar um toque mais artesanal a sua decoração.

Conheça alguns tipos de tapete

tapete

Peludos

Os tapetes peludos são uma ótima escolha quando possui o desejo de deixar o ambiente mais aconchegante e com a sensação de ser quentinho, sendo aconselhados para áreas íntimas da casas (sala de estar ou quartos).

Eles não são uma boa escolha para aqueles ambientes que possuem um grande tráfego de pessoas, pois eles possuem a capacidade de reter muito pó e se deterioram mais rapidamente.

Redondos

Esse estilo de tapete não é muito utilizado, pois ele implica um maior estudo na hora de distribuir os móveis por conta do seu tamanho, na hora de escolher um é importante que ele englobe todo o mobiliário.

Os lugares mais enxutos são os ideais para a utilização do tapete redondo, pois  é possível combinar pequenas peças que não precisam estar centralizadas, podendo criar um conceito com acessórios.

Extra: É muito importante que você mantenha a higiene de seus tapetes em dia, levando para limpá-los em lugares especializados com certa regularidade, a cada seis meses ou um ano, assim a sujeira não irá impregnar e estragar a sua peça.

Lembre-se que os tapes juntam muito pó, algo que pode ser muito prejudicial para aquelas pessoas que possuem problemas respiratórios, ainda mais se você tiver animais de estimação que ficam soltando pelos por toda parte. Nunca descuide de sua saúde, pois de nada adianta um ambiente bonito se você estiver doente.

Esperamos que esse texto tenha sido útil para você, compartilhe com seus amigos para que eles também saibam como escolher o tapete ideal para cada ambiente da sua casa, de acordo com o que deseja transmitir.

Eletroportáteis que você PRECISA ter na sua cozinha!

0

Quando estamos nos mudando da casa de nossos pais e precisamos começar a mobiliar a nossa casa, é importante ter em mente alguns eletroportáteis que são muito úteis na hora de cozinhar.

A cozinha é um dos principais cômodos da casa e também um dos que requer uma maior despesa para mobiliar, justamente por conta dos eletroportáteis e eletrodomésticos.

Se você deseja saber quais são os eletroportáteis indispensáveis, confira a nossa lista e aproveite!

Conheça os principais eletroportáteis que precisam estar na sua cozinha

eletroportáteis
Conheça aqueles itens indispensáveis para sua cozinha!

Chaleira Elétrica

Esse é um eletroportátil muito queridinho da cozinha de todas as pessoas, pois com ela é possível ter uma maior praticidade e rapidez na hora do aquecimento da água, sendo muito útil na hora de preparar alimentos e bebidas.

Além disso, é uma excelente opção para aqueles lugares comerciais que não existe a possibilidade de ter um fogão para aquecer a água do cafezinho.

Existe uma infinidade de modelos de chaleiras elétricas, tendo design mais moderno e elegantes, normalmente com acabamentos inox e podendo variar consideravelmente a quantidade.

Panela de Pressão Elétrica

Muitas pessoas possuem um verdadeiro pânico da panela de pressão convencional, então saiba que ela existe na versão elétrica que pode mudar a sua relação com esse item.

A panela de pressão elétrica é completamente segura, por conta de seus 8 dispositivos de segurança, como o timer e o desligamento automático, assim não tendo risco de esquecer ligada e explodir a casa.

Além dessas funcionalidades, é possível assar, fritar e refogar alimentos utilizando-a, de maneira completamente eficiente e segura.

Cafeteira elétrica

Como todo mundo sabe, uma das maiores paixões nacionais é o café, então é muito importante que você tenha acesso a uma cafeteira elétrica!

Em poucos minutos é possível que você prepare o seu café no ponto ideal, além de manter aquecido durante algum tempo, possibilitando que você se arrume de maneira tranquila para o novo dia que se inicia.

Sem falar que é um item indispensável para qualquer escritório que você venha a frequentar, então esteja sempre de olho no cantinho do café!

Eletroportáteis: Grill e Sanduicheira

O Grill e a Sanduicheira são responsáveis por auxiliar as pessoas na hora de deixar os seus alimentos favoritos ainda mais gostosos, podendo em poucos minutos ter acesso a um sanduíche bem feito.

Esses dois itens se tornaram indispensáveis na hora de realizar um bom lanche da tarde, pois você pode utilizá-lo para aquecer alimentos, fazer aquele pão velho ficar novinho, dentre muitas outras possibilidades.

Fritadeira Elétrica sem Óleo

Para manter uma alimentação saudável é imprescindível reduzir o número de alimentos gordurosos que consome, dessa maneira ingerindo alimentos cozidos ou cru.

No entanto, todos nós sabemos que alimentos com óleos são muito gostos e nós temos uma opção para você não vive sem eles, sendo a fritadeira elétrica sem óleo.

Com esse eletroportátil, você poderá fazer as suas receitas favoritas com uma quantidade de óleo muito menor, ou até mesmo sem ele, tendo o gosto bem semelhante ao original.

É possível que você a utilize para fazer carnes, bolos, lasanhas, suflês e tudo o que a sua imaginação mandar!

Eletroportáteis: Mixers

Os Mixers são eletroportáteis muito úteis, pois com eles é possível fazer shakes, moer alimentos e outras diversas finalidades.

Existem variados tipos de modelos, com potências diferentes, velocidades, batedores, copos de diferentes tamanhos, sendo um aparelho com diversas funções em um!

Uma das marcas mais conhecidas é a Britânia, responsável por oferecer mixers com qualidades superiores, que podem deixar o seu alimento ainda melhor por conta de sua performance.

Batedeira

Esse item é indispensável para aquelas pessoas que gostam de confeitaria, pois através dele é possível fazer diversos tipos de massas, além de alguns alimentos salgados.

Existe uma grande variedade de batedeiras no mercado, desde as mais simples, tendo um menor número de funcionalidades e uma potência inferior, até mesmo as mais rebuscadas, em que é possível fazer massas mais pesadas e que necessitem de uma maior qualidade.

Caso você utilize a batedeira apenas para coisas mais leves e em períodos de tempo espaçados, você poderá optar por uma com menos funcionalidades, já se você trabalha com isso, invista em um equipamento de maior qualidade.

eletroportáteis

Panela elétrica

Algumas vezes desejamos uma maior facilidade na hora de assar, grelhar, cozinhar e dourar, por isso é importante que você saiba da existência da panela elétrica.

Ao utilizar esse produto, você poderá controlar a temperatura e deixar o seu preparo cada vez mais perfeito, de uma maneira simples e seguras.

Além disso, existe a facilidade na hora de levar à mesa, pois é possível apenas desconectar o seu cabo e levar para onde quiser.

Da mesma maneira que os demais itens, existe uma grande variedade no mercado, mudando de maneira significativa os seus preços, então sempre analise de acordo com as suas necessidades.

Eletroportáteis: Liquidificador

O liquidificador é um dos itens mais clássicos de qualquer cozinha, além de ser indispensável, pois seu uso é feito tanto para preparação de receitas doces e salgadas, quanto para a preparação de sucos e batidas.

Existem diversas opções no mercado, tendo alguns mais potentes, com uma grande variedade de velocidade, contendo os mais variados tipos de copos, já outros são mais simples, menos potentes e pouca variedade de velocidade.

É importante que você invista em uma qualidade maior do liquidificador quando você o utiliza de maneira frequente, pois muitas vezes um produto com menor preço, tenha uma qualidade inferior, estragando com mais facilidade.

Já se você usa pouco esse utensílio, saiba que existem alguns bem baratos que já suprirão todas as suas necessidades.

Nós esperamos que esse texto tenha te ajudado na hora de fazer a lista de eletroportáteis da sua cozinha e ainda consiga te ajudar a ter uma vida mais prática. Não deixe de compartilhar com seus amigos para que eles também saibam quais são os itens essenciais em qualquer cozinha!

Auxiliar administrativo: como se qualificar e conseguir um emprego?

0

Se você concluiu recentemente o Ensino Médio, está desempregado ou procura um emprego melhor, a profissão de auxiliar administrativo é uma excelente escolha.

Por ser um ofício extremamente valorizado pelo mercado de trabalho, você sempre encontrará vagas para auxiliar administrativo.

Porém, para se dar bem nas entrevistas de emprego, é preciso ter uma boa qualificação, principalmente para quem não tem experiência na área.

Existem vários cursos por aí, mas atualmente um dos melhores treinamentos disponíveis é o Curso Online de Auxiliar Administrativo do Programa Jovem Empreendedor. Continue lendo o artigo para saber mais sobre o trabalho e o curso.

O que faz um auxiliar administrativo?

O auxiliar administrativo pode ser considerado o coração de toda empresa. É ele o responsável por dar suporte aos mais variados setores da organização (atendimento, financeiro, marketing, logística, etc.).

Justamente por ter várias atribuições, a profissão é extremamente valorizada no mercado e costuma entregar uma boa experiência para quem a exerce.

Ela costuma ser a porta de entrada do profissional em uma empresa, com grandes chances de crescimento interno. Muitos gerentes e diretores de grandes companhias começaram um dia como auxiliar administrativo.

As tarefas variam de acordo com o tamanho e o ramo da empresa, mas, normalmente, as principais atribuições são:

  • Preencher formulários, notas e documentos
  • Gerenciar estoques
  • Emitir notas fiscais
  • Supervisionar e dar suporte aos vários setores da empresa (principalmente administrativo e financeiro)
  • Cadastrar e atualizar produtos no sistema
  • Elaborar ofícios, e-mails e demais comunicados administrativos
  • Fazer orçamentos e pedidos de mercadorias
  • Atender telefonemas e auxiliar os clientes

Onde ele pode trabalhar?

Você pode reparar que as atividades acima são comuns em praticamente toda empresa, seja um pequeno negócio, uma escola, uma academia, um hospital, um hotel ou qualquer outro tipo de estabelecimento.

É por isso que o mercado de trabalho para o auxiliar administrativo é tão vasto, porque ele pode trabalhar basicamente em qualquer lugar: pequenas, médias ou grandes empresas.

Como conseguir um emprego como auxiliar administrativo?

Normalmente, a profissão exige que o candidato tenha apenas o ensino médio completo, sem obrigatoriedade de formação de nível superior.

Porém, o grande número de vagas na área chamou a atenção de muita gente e a concorrência aumentou bastante. Por isso, é preciso ter uma boa qualificação no currículo, para impressionar nas entrevistas e ter boas chances de conseguir um emprego.

Uma excelente opção é o Curso Online de Auxiliar Administrativo do Programa Jovem Empreendedor, que ensina toda a rotina e as habilidades exigidas pela profissão, além de módulos de Informática, Pacote Office e Inglês, requisitos muito procurados pelos recrutadores.

Quais são as vantagens do Curso Online de Auxiliar Administrativo do Programa Jovem Empreendedor?

  • Tem a mesma validade de um curso presencial e custa mais barato
  • É certificadoe autorizado pelo MEC
  • Mais de 1500 alunos já fizeram o curso
  • Oferece Certificado de Qualificaçãopara enriquecer seu currículo
  • Ensina os requisitos fundamentais para conseguir um emprego na área
  • Válido em todo o território nacional
  • Serve como horas complementares ou atividade extracurricular para quem está na faculdade
  • Pode ser usado para conseguir uma promoção interna dentro da empresa
  • Pode ser usado como requisito para alguns concursos públicose provas de títulos
  • 7 dias de garantiada devolução do dinheiro caso o aluno não goste do curso

Quais são os módulos e a carga horária do curso?

O Curso de Auxiliar Administrativo do Programa Jovem Empreendedor possui dois planos: o Completo e o Premium. Confira a carga horária e os módulos de cada um:

Plano Completo

  • Auxiliar Administrativo (80 horas)
  • Hardware (10 horas)
  • Windows 10 (10 horas)
  • Word 2016 (12 horas)
  • Excel Básico (15 horas)
  • PowerPoint (08 horas)

Carga horária total: 135 horas.

Plano Premium

  • Auxiliar Administrativo (80 horas)
  • Hardware (10 horas)
  • Windows 10 (10 horas)
  • Word 2016 (12 horas)
  • Excel Básico (15 horas)
  • PowerPoint (08 horas)
  • Excel Avançado (15 horas)
  • Vocabulário Essencial da Língua Inglesa (01 hora)
  • Inglês Total (20 horas)
  • Inglês para Viagem (20 horas)

Carga Horária total: 191 horas.

Quanto custa?

O Plano Completo está custando, na promoção, R$ 97,00 ou 10 parcelas de R$ 11,08. Já o Plano Premium, que vem com um módulo a mais de Informática e 3 módulos de Inglês, sai atualmente por R$ 127,00 ou 12 parcelas de R$ 12,37.

O aluno pode escolher fazer o pagamento por cartão de crédito ou boleto e, se não gostar do curso, pode solicitar o reembolso do valor no prazo de até 7 dias depois da compra.

Como se inscrever no curso de Auxiliar Administrativo?

Para obter mais informações e se inscrever no curso do Portal do Empreendedor, basta clicar neste link. Lá você poderá escolher o plano de sua preferência (Completo ou Premium).

Lembrando que o portal está dando momentaneamente mais 3 cursos completos de presente para quem se inscrever pelo site:

  • Curso de Comunicação Empresarial
  • Curso Conseguindo um Emprego em Épocas de Crise
  • Curso de Atendimento ao Cliente

Conheça o Caixa Sim, o cartão sem anuidade da Caixa

0

A Caixa Econômica Federal lançou recentemente um modelo de cartão de crédito sem anuidade, chamado Caixa Sim.

Com o surgimento das fintechs e das contas digitais sem tarifas – como o Nubank e o Banco Inter – os bancões tradicionais precisaram criar produtos mais atrativos e com custos mais baixos, para não perderem clientes.

É o caso do Caixa Sim, um cartão de crédito simples, mas com uma proposta interessante e anuidade zero. Confira todos os detalhes sobre ele neste artigo!

Caixa Sim: quais são as vantagens?

A principal delas é que o cartão não cobra anuidade, mesmo sendo de um banco público e bem tradicional, como a Caixa Econômica Federal.

Confira as outras vantagens:

  • Cartão internacional, podendo ser usado para compras em lojas físicas ou virtuais, no Brasil ou no exterior
  • Serviço gratuito de SMS avisando todas as despesas
  • Taxa de juros reduzida
  • Fatura por e-mail
  • Aplicativo Cartões Caixa, para controle das despesas
  • Parcelamento da fatura em até 36x
  • Possibilidade de solicitar cartão adicional

Quais são as bandeiras do Caixa Sim?

O cartão está disponível nas bandeiras Visa e Elo. Além dos benefícios citados acima, cada bandeira também possui vantagens exclusivas, confira:

Caixa Sim Elo

  • Descontos em lojas parceiras da bandeira Elo
  • Aplicativo Elo Wi-Fi, onde você cadastra o seu cartão e poderá ter acesso a milhares de redes Wi-Fi de parceiros da Elo espalhadas pelo Brasil e pelo mundo
  • Residencial Básico, com assistência 24h de chaveiros, eletricistas, encanadores e vidraceiros, em caso de algum problema doméstico
  • Auto Plus, que oferece socorro mecânico, troca de pneu e chaveiro 24h para automóveis
  • Elo Flex, que permite a você trocar os 3 benefícios anteriores do seu cartão por outros de sua escolha, em uma lista de 14 vantagensdas categorias Auto, Bike, Casa, Pet e Vida

Caixa Sim Visa

  • Garantia estendida, além da fornecida pelo fabricante, para produtos comprados com o Cartão Caixa Sim Visa
  • Proteção de preço, que devolve a diferença de valor caso você faça uma compra com o seu cartão e depois encontre o produto com um preço mais barato
  • Proteção de compra, que dá proteção contra roubos ou danos acidentais para produtos comprados com o Cartão Caixa Sim Visa
  • Seguro para veículos de locadora, que fornece seguro gratuito para carros alugados com o Cartão Caixa Sim da bandeira Visa

Como pedir o Cartão Caixa Sim?

Em primeiro lugar, é preciso que o solicitante seja maior de 18 anos e tenha uma conta na Caixa.

Quem já for correntista, pode fazer a solicitação do cartão pelo próprio Internet Banking. Para quem ainda não for ou preferir fazer pessoalmente, pode ir até uma agência da Caixa Econômica, com documento de identidade, CPF, comprovante de renda e comprovante de residência.

Será preenchido um formulário de adesão e, depois que a sua proposta for aprovada, você receberá o cartão de crédito em seu endereço.

Vale a pena?

Para quem só confia nos bancos tradicionais e já é correntista da Caixa, o cartão de crédito Caixa Sim é, de fato, uma boa opção.

Apesar de ser simples e sem programa de pontos, ele não cobra anuidade e possui bons benefícios para as duas bandeiras: Visa e Elo.

Porém, caso você ainda não tenha conta na Caixa, vale a pena dar uma olhada em cartões de bancos digitais, como o Nubank e o Banco Inter. Além de também não cobrarem anuidade, as contas digitais desses bancos são isentas de tarifas e podem ser abertas pela Internet, sem sair de casa.

Instabilidade política: como influencia em nossas finanças?

0

O sinal disso é a constante alta do dólar e a desvalorização da moeda brasileira

Não está fácil viver no Brasil e em qualquer país do mundo por causa da quantidade de crises enfrentadas. Temos uma pandemia de uma doença viral grave, falta de união entre governantes e presidente, além da queda brusca da economia. Todos os setores foram atingidos de alguma forma.

Pode parecer que não, mas tudo isso impacta as famílias mais pobres e de classe média de forma direta e a curto prazo. Vemos pessoas perdendo empregos, empresas fechando e preços mais altos no supermercado e nas bombas de gasolina. Cenário ideal para perda de poder de compra.

Sem falar que muitas cidades fecharam os comércios, o que interrompe o giro de dinheiro. Empresas e lojas não conseguiram aguentar dois meses e acabaram fechando as portas. Além de tudo isso, temos a inconstância do governo brasileiro, que demite ministros e não concorda com as regras da organização mundial de saúde.

Neste artigo trouxemos alguns aspectos da crise política que impactam em nossas finanças diretamente. Vemos que o dinheiro não renda e muitas pessoas não entendem porque. Veja algumas atitudes que fazem isso com nosso bolso.

Primeiramente, a economia

Fechamento de comércios e incentivo ao isolamento social já impactaram diversas famílias brasileiras. Quando a economia vai mal, quase nada vai bem. Perdas de emprego e cortes de salários são as primeiras atitudes de empresas para se salvar. Quando não dá mais, chega o fechamento.

O que também retarda a retomada da economia é o pouco isolamento social. Diversos países da Europa que hoje reabrem suas economias investiram em fechamentos logo no começo da pandemia, fazendo com que hoje a realidade fosse diferente do que acontece no Brasil.

Não houveram ordens de isolamento e fechamento coletivas, então, cada governador tomou a sua decisão. Mesmo com número de casos crescendo diariamente, alguns estados estão reabrindo seus comércios e indústrias. O que eleva o risco da pandemia durar ainda mais por aqui.

Essas atitudes, coladas em conjunto, prejudica ainda mais famílias e atrasa ainda mais a reabertura da economia. As decisões desencontradas confundem e atrapalham a recuperação de todos os setores.

A alta do dólar

O dólar sobe por vários motivos, mas os principais são dois: um, quando os juros nos Estados Unidos estão altos, aí os investidores do Brasil levam seus investimentos para diversos países, locais estes onde os rendimentos estão mais altos. Outro fator é quanto turistas gastam dólares fora do Brasil, o que roda a moeda mais lá do que aqui.

Bom, sabemos que estamos em uma pandemia viral então esses fatores contam, mas nem tanto. A cada decisão que o mercado considere equivocada, como declarações negativas do presidente, queda de ministros e instabilidade em Brasília também coloca o dólar lá em cima. Tendo isso, outros preços sobem, principalmente aqueles de produtos que compramos de outros países.

Os setores fechados

Comércios, empresas não essenciais e lojas do Brasil fecharam, mesmo que não tenha sido por muito tempo. O problema disso é a queda em vendas, demissões e fechamentos. Muitos empresários que não tem criatividade para inovar no jeito de vender, não viram outra saída a não ser demitir e cortar salários.

Fechamento de indústrias e comércio obrigaram famílias a se readaptar e muitas não conseguiram. Não tiveram ajuda ou fôlego, tirando essas pessoas de situações de sobrevivência para uma de quase miséria. O momento é triste e a queda de setores influenciam diretamente em nossa vida.

Realocação de dinheiro

Muitos governos estaduais e federais deixaram de investir em outros setores para investir em saúde, atitude que é esperada por causa dos problemas estruturais da saúde. A falta de investimento do estado nas empresas, tira o incentivo e aumenta os impostos. Com pouco dinheiro para investir no seu negócio, muitos empresários ficam sem opção e acabam fechando. Pessoas, de novo, perdem o emprego.

Queda em bolsas

Para investidores, é um dos momentos mais difíceis para ver o dinheiro render. Economia em queda gera empresas em queda, o que transforma a bolsa num amontoado de oscilações. A falta desse dinheiro também impacta em multinacionais, que fazem demissões em massa nem só porque falta grana, mas para evitar que ela um dia acabe. É uma decisão triste, mas é a longo prazo na visão de empresários.

Cancelamento de serviços

Diaristas, costureiras e autônomos em geral viram sua renda mensal despenar. Sabemos que a regra é não receber pessoas de fora em casa, e quem não pode pagar por um serviço interrompido, cancela tudo de uma vez. Essas pessoas que recebem por semana e não possuem uma renda fixa definida, estão sofrendo muito.

Mesmo com o auxílio do governo federal oferecido para esses profissionais, ainda é abaixo da renda recebida por eles. Muitas acabam arriscando a própria saúde para sobreviver, o que é uma realidade muito presente no Brasil.

Falta de investimentos no país

A postura tomada pelo Brasil em relação a pandemia pode custar muito dinheiro para nossa economia. Jornais do mundo inteiro criticam a maneira como a doença está sendo tratada e o aumento crescente de casos confirmados e mortes. Um dos setores que serão diretamente afetados após a pandemia ser controlada é o de turismo.

Isso porque viajantes de outros países podem não se sentir seguro para visitar nossas belezas, já que não há uma queda considerável nos números da doença. Infelizmente, o Brasil mostra que será um dos últimos a se recuperar do vírus, o que nos prepara para um cenário ainda pior nos próximos meses.

Conclusão: é hora de se proteger

Não só proteger a saúde, mas seu dinheiro. A chave para cuidar da sua família neste momento é guardar dinheiro e gastar o mínimo que puder. Ganhar mais dinheiro também é uma solução sábia, porque os fatos mostram que não dá para esperar uma solução eficaz do Estado Brasileiro para a doença.

Mais do que nunca, conquiste seu próprio poder de compra através de criatividade para conseguir uma renda extra e oferecer seus serviços sem gerar riscos para você e as outras pessoas. É hora de a

Corte de gastos: por onde começar

0

Pandemia do novo coronavírus obrigou muitas famílias a gastar menos

A previsão até o fim do ano que é a economia mundial termine 2020 com uma redução. O Brasil, país que foi atingido em cheio pelo vírus já está sofrendo com desemprego e queda brusca na renda das famílias.

Com isso, muita gente teve adequar os gastos a uma nova realidade e abrir mão de alguns gastos. Os considerados “luxo”, foram os primeiros a serem retirados, mas, você sabe exatamente o que é esse tipo de gasto? Existem pessoas que consideram pagar internet um luxo, o que em alguns casos é uma necessidade.

Se é a hora de cortar gastos, esse artigo foi feito para te ajudar. Nem sempre, onde você cortou é o gasto correto, ou também, você pode estar investigando em uma área que não é necessária agora.

Para te ajudar, separamos os principais gastos a serem cortados e quais são extremamente necessários para aumentar ainda mais sua renda. Preparamos também uma pequena lista para ensinar a ganhar mais dinheiro nessa época de pandemia e sem sair de casa. Gostou? Então continue lendo esse texto!! Vamos lá.

A importância de cortar gastos

Quando o “sapato aperta”, é hora de pegar papel e caneta e começar a entender o que é importante e o que não é. Muitas famílias já vivem pagando contas básicas, nesses casos, não é possível economizar mais. Outras, possuem gastos desnecessários mas não sabem como começar.

A importância de diminuir o que é gasto mensalmente vem dos benefícios de adquirir novos hábitos. Naturalmente, os gastos com serviços básicos, como luz, água e outros pode ter aumentado já que o tempo que ficamos em casa é maior, consumindo mais. Mesmo que a renda não tenha diminuído, é hora de colocar tudo na ponta do lápis.

Só com essa atitude será possível continuar vivendo com uma renda mensal ideal, sem sofrer demais. Veja nossa opinião sobre onde se deve cortar gastos imediatamente para que o orçamento familiar não seja tão afetado.

Por onde começar?

Lembre-se que cortes bruscos podem ajudar em um aspecto, mas em outro, pode piorar tudo, principalmente para quem tem crianças em casa. Os pequenos se acostumam com um estilo de vida e quando isso é perdido, pode afetá-los diretamente, seja nas emoções ou fisicamente.

Tente negociar

É hora de abaixar o preço. Converse com empresas que te fornecem alguma coisa essencial frequentemente e ofereça uma proposta de preço menor. Um exemplo é quem precisa de suprimentos médicos, mensalmente. Procure o fornecedor e explique a situação, tentando assim, um preço menor, sem perder o produto ou serviço.

Peça desconto também em contas básicas, cartões de crédito de lojas, por exemplo. Tente uma renegociação com juros menores ou pague de uma vez aquela compra parcelada para evitar ficar pendurado.

Reorganize os gastos

Felizmente, concessionárias de luz e água em todo o país deixaram de cortar os fornecimentos por falta de pagamento. É hora de deixar essas contas um pouco de lado e focar naquilo que não deu a mesma facilidade. Ainda que pareça arriscado, a promessa é que as empresas vão deixar os clientes pagar essas contas de forma parcelada, sem comprometer o orçamento de ninguém.

Corte o gasto que não é essencial agora

Ainda que pareça necessário, você vai comprar roupas, calçados e eletrodomésticos agora? Não. Então cancele os cartões de loja e derivados. Não vá nesses comércios para evitar gastar o que não será usado. Se precisar, tente abaixar o preço o máximo que puder, mas, evite sair de casa.

Serviços de streaming

Netflix, Spotify, TV a cabo. Sabemos que distrai muito quando estamos em casa, mas, em alguns casos, gastos como esse podem ultrapassar os R$400,00. Esse dinheiro poderia ser utilizado para compras mais úteis e necessárias. Por pelo menos alguns meses, se você perdeu renda ou está se preparando para isso, escolha cortar.

Mensalidades sem utilização

Muitas famílias pagam cursos de inglês, natação, assinaturas de clubes de lazer, entre outros gastos, todo mês. É impossível manter essa rotina neste momento, já que só as atividades que citamos geram aglomeração e oferecem risco de contaminação. É hora de interromper tudo isso e esperar que as coisas melhorem. Essas empresas irão oferecer oportunidades incríveis, mas coloque na cabeça que não é hora de gastar com um serviço que não poderá ser utilizado de forma completa. Fica a dica!

Produtos que podem esperar

Não é momento de comprar alguns produtos, como já citamos e nem de ficar “batendo perna” em centros comerciais. Se seu filho pedir brinquedos, ele precisará esperar. Marido ou esposa querendo presentes caros, também não é momento, Lembre-se que tudo passa, então, quando a pandemia passar, torcendo para que ninguém mais fique doente, as vontades poderão ser realizadas.

Faça mais dinheiro

Veja dicas simples para que você consiga fazer mais dinheiro em casa. Neste caso, é preciso ter uma boa conexão de internet e muita criatividade. Vamos as informações para aumentar a renda.

Vendas online

Crie produtos alimentícios ou artesanais, como roupas e cosméticos e ofereça nas redes sociais. Roupas usadas também fazem muito sucesso, principalmente aquelas que você não usa mais.

Trabalhos de freelancer

Pense em uma habilidade que você possui, seja de escrita ou qualquer outra. Procure na internet sites que aceitem trabalhos remotos, ou se candidate a serviços de home office mesmo e comece a descobrir uma maneira simples e útil de fazer dinheiro.

Marketing digital

Pesquise na internet como entrar no mercado de marketing digital para gerar renda. Você pode vender produtos digitais ou prestar esse tipo de serviço para empresa. Se prepare através de cursos gratuitos e não se esqueça de pesquisar muito.

Conclusão

Perdendo renda ou não, estamos em um momento que planejar o orçamento é primordial. Não sabemos como será o dia de amanhã, porque a pandemia faz com que todos os setores vivam oscilações. Guardar dinheiro será uma atitude que pode ajudar tanto a curto prazo, quanto a longo prazo. Se cuide e não esqueça do planejamento financeiro!

Cartões de crédito clonados: risco aumenta durante a pandemia

0

Golpes voltam a aparecer, já que as compras com cartões são mais seguras e higiênicas

Não só durante uma pandemia viral, mas na rotina o cartão de crédito ou débito é a escolha de pagamento mais prática. Quando tivemos informações sobre a transmissibilidade do novo coronavírus, a conclusão foi que o cartão de crédito é mais higiênico é óbvia, já que a limpeza é mais simples.

Além disso, o dinheiro passa pela mão de várias pessoas.Como o vírus pode se manifestar em pessoas que não apresentam sintomas, é um risco pegar dinheiro vivo que passou pela mão de inúmeras pessoas. Os cartões de crédito e débito passaram a ser primordial para manter as compras normalmente.

Isso fez com que muitas pessoas pedissem novos cartões e escolhessem o cartão para fazer compras. Com isso, muitos golpistas se aproveitaram da situação para clonar cartões e prejudicar inúmeras pessoas.

Ainda que pareça confiável, muitos locais clonam o cartão de clientes, principalmente quem utiliza delivery para evitar sair de casa e fortalecer o isolamento social. Por isso, vamos trazer dicas para que você evite que seu cartão seja clonado e continue comprando normalmente sem riscos. Vamos lá!

Como um cartão é clonado?

Antes do cartão de crédito ter chip, o risco de clones era muito maior. Isso porque o chip protege muito mais do que a tarja magnética. Ainda sim, golpistas usam o método “chupa-cabra” para clonar o cartão, ou seja, quando colocamos o cartão em uma máquina ou no caixa eletrônico, eles roubam os dados e informações do cliente invadindo o sistema do banco. Veja mais possibilidades.

Golpe do delivery

Infelizmente, com o aumento de consumo por entregas por causa do isolamento social, muitos entregadores ou empresas sem honestidade aplicam golpes para passarem os clientes para trás.

Em um dos casos, eles colocam um valor maior para enganar os clientes, que pagam o valor não combinado, por exemplo. Para isso ser eficaz, eles utilizam uma maquininha com visor de difícil visão para o cliente, fazendo com que depois de algum tempo o erro seja percebido.

Em outros casos, a máquina de cartão até oferece comprovantes e o valor gasto. O problema é que ela está adulterada e acaba salvando todos os dados do cartão para o golpista. Normalmente acontece com cartões de crédito e quando conferimos a fatura, vários gastos de outra pessoa começam a aparecer.

Compras pela internet

Outro risco é o aumento de golpes em compras pela internet. Muitos sites oferecem opções muito fáceis, descontos gigantes e promoções improváveis. Motivos que aumentam as chances de muitas pessoas caírem em golpes. Existem alguns critérios a serem observados para saber se o site é confiável.

Procure um símbolo do cadeado em todo site que fizer compras. Ele estará na barra de endereços e é o principal alerta para sites confiáveis. Além disso, procure referências em outros sites e casos de pessoas que já compraram no mesmo endereço eletrônico. Assim, saberá que está comprando em um site seguro.

Em alguns casos, sites falsos pedem dados pessoais a clientes e aplicam golpes, roubando desde o CPF até o número do cartão de crédito. Não é difícil perceber que um site não é seguro, é possível ver o amadorismo na identidade visual do endereço, por exemplo.

Dados por telefone

Ligações relacionadas a cartões de crédito e contas bancárias começarão a aparecer nessa época. Golpistas podem descobrir suas dívidas e ligar oferecendo propostas inimagináveis, ou, pedir seus dados para compras ou pagamentos. É importante sempre fazer muitas perguntas quando recebemos ligações de números estranhos antes de informar dados do cartão de crédito.

Como evitar que o cartão de crédito seja clonado?

Algumas atitudes simples nos protegem de golpes durante a pandemia. Uma delas é sempre observar onde estamos passando nosso cartão de crédito ou débito, outra, é não deixar de estar de olho no extrato da fatura mensal.

De olho na maquininha

Sempre que for passar o cartão de crédito ou débito, observe todas as características da máquina de cartões. Veja se a marca está clara, se o valor aparece de forma clara e como está sendo debitado em sua fatura. Imediatamente registre a razão social e se possível, confirme com o entregador dados pessoais dele e da empresa.

Não informe seus dados para qualquer um

Essa é a regra de ouro: quando pedirem seus dados, seja do cartão de crédito ou informações pessoais mesmo, não exite em olhar todos dados e quem está pedindo essas informações. Pergunte quem é, qual o motivo de pedir essas informações e como elas serão armazenadas.

Normalmente esses golpes acontecem por meio de chances únicas, promoções, ou oferecimento de dinheiro fácil. Pessoas idosas e com pouco conhecimento são mais suscetíveis a cair em situações como essas, então, questione sempre tudo o que essas pessoas perguntarem.

Cuide dos seus gastos

Quando a fatura chegar, não deixe de olhar todos os dados. Pesquise no Google cada razão social e informação para saber se não há gastos que não são seus. Muita gente acaba tendo o cartão de crédito roubado por anos e nunca percebe porque não fica de olho na fatura mensal. Fique atento!

Não pague com cartão em todos os locais

É recomendado utilizar o cartão de crédito na maioria das compras por causa da facilidade de higienização do plástico, mas, ainda é preciso estar de olho onde utilizamos o cartão de crédito. Veja se é uma empresa confiável, experiente no mercado e se é correta em todos os quesitos, forma de pagamento, utilização de equipamentos de proteção e embalagens seguras.

Conclusão

Por segurança e higiene, escolha sempre o cartão de crédito e débito se puder, mas, não deixa de observar onde você está passando o cartão. Não é difícil ficar de olho nessas características, é possível fugir de clonagens antes do pedido de um delivery ou antes de entrar em locais que não confiáveis. Leve em consideração três pontos: experiência, segurança e higiene. Locais com essas características dificilmente roubarão seus dados.

Cashback: ganhe o dinheiro de volta

0

Modalidade proporciona benefícios toda vez que usa o cartão de crédito

O cashback começou aos poucos, primeiro em aplicativos de celular que precisavam de cadastro nos estabelecimentos que eram parceiros, como acontecia com o Beblue. O aplicativo ainda existe, mas não está disponível para todas as cidades do Brasil. Como o cashback fez sucesso, muitos cartões de crédito aderiram, ainda que com poucas porcentagens.

Essa modalidade funciona da seguinte forma: toda vez que o cliente gasta um valor no cartão de crédito, uma porcentagem definida pela empresa de cartões ou aplicativo será devolvida. Isso será sempre definido pelos bancos físicos ou digitais e o valor será enviado automaticamente.

É opção do cliente ter o cashback ou não, ou seja, é preciso aceitar que isso ocorra na sua conta bancária automaticamente. Ainda que seja interessante, o cashback ainda não é muito popular no Brasil: de 1 a 5% dos clientes utilizam, ainda sim é uma escolha interessante: quanto mais pedidos de um cartão de crédito com cashback em diversas instituições financeiras mais descontos para os clientes.
Ter um cartão de crédito com cashback acaba sendo como uma ferramenta de planejamento financeiro: isso porque sabendo onde e como gastar seu cartão de crédito, o cliente saberá quanto exatamente vai voltar e onde poderá investir esse dinheiro que antes era apenas um gasto sem nenhuma volta.
Trouxemos algumas opções de cashback para começar a utilizar hoje em seu cartão de crédito. Muitas vezes o seu cartão de crédito tem a modalidade e você nem sabe. Veja como utilizar o cashback da melhor forma.

Vale a pena utilizar cashback?

Seja em aplicativos ou no próprio cartão de crédito, o cliente deve fazer um cadastro e concordar com os critérios da empresa. Valerá a pena desde que você use de forma correta e claro, aceite as condições.

Possibilidade de ganhos

Ainda que seja uma porcentagem definida pela empresa de cartões ou aplicativo, é certo que um pequeno valor voltará com frequência a sua fatura ou como dinheiro, depende do que foi acertado no contrato.

Um exemplo que possamos trazer é do Banco Original. Dependendo da quantidade gastos, a taxa de devolução pode chegar a 1,5% se os gastos sejam altos. O valor começa com 0,5% e vai subindo. Ainda que seja pequeno, é uma possibilidade de ganhos certa e confiável.

Pague tarifas

Muitos cartões possuem anuidades e outras tarifas, o valor do cashback pode ser direcionado apenas para isso. Normalmente, o cashback quando devolvido pode ser utilizado para pagar essas tarifas que sempre aparecem nas contas bancárias e faturas do cartão de crédito.

Faturas altas

Quem já paga faturas altas, compensa muito aderir o cashback.  Quanto mais as faturas forem altas, mais porcentagem será retornada para a conta de forma automática. Se é que o que procura, pesquise muito para escolher a opção que se encaixa melhor em seu perfil financeiro.

Os cartões de crédito com cashback

Ainda que seja um banco mais tradicional, muitos acabaram aderindo ao cashback para manter os clientes com novas alternativas. Falando em alternativas, veja as que escolhemos como interessantes para seu bolso.

1 – Banco Original

Uma parte dos gastos com o cartão de crédito ou débito se transforma em pontos no programa de pontos do banco. Depois, um ponto vira um real para uso do cliente que pode ser resgatado na fatura do cartão de crédito, ou seja, vira desconto. No site do banco original, você pode simular o limite desejado e o cashback que pode receber. Além disso, o pedido pode ser feito todo pela internet e um cartão digital já é oferecido pelo cliente para uso antes do cartão de crédito físico chegar.

2 – Picpay

O Picpay oferece até 5% de cashback e permite pagamentos via NFC. O cartão de crédito também não cobra anuidade, mas a procura é grande: o consumidor precisa entrar em uma lista de espera. O cartão de crédito Picpay também oferece a modalidade contactless: pagamentos até cinquenta reais não exigem a senha, apenas a aproximação do QR code.

3 – Trigg

Diferente do que acontece com outros cartões, o cartão Trigg paga mensalmente o cashback independente das compras. A maioria dos cartões devolve a porcentagem após um número limite de compras. É um bom percentual, chegando a 1,3% de devolução. Isso é definido pelo valor gasto todo mês na fatura e vem especificado na própria fatura do cartão de crédito.

4 – Cartão Méliuz

O sucesso do cartão de crédito com cashback Méliuz é tanto, que agora existe uma fila no site para novos pedidos.Todas as compras no cartão de crédito devolvem parte do valor para o cliente. Há condições que oferecem mensalidade grátis. Além disso, 1.600 empresas são parceiras da Méliuz e todas oferecem pelo menos 1% de cashback no cartão de crédito.

5 – Bradesco/Banco Next

O cartão de crédito Next, associado ao Bradesco e queridinho dos jovens também aderiu ao cashback. Além de não cobrar anuidade, tem parcerias com 250 empresas e em alguns casos, devolve até 25% do valor pago. Por ser um cartão de crédito novo, associado ao grande banco, tem poucas taxas e juros se comparado a outros.

Tome cuidado!

Observe as regras do contato de cashback para ter certeza que será uma porcentagem que vale a pena. Além disso, algumas compras oferecem ainda mais descontos para quem utilize a modalidade de devolução de dinheiro. Ainda sim, é importante verificar se não é exigido um valor depositado para resgatar o cashback.

Escolha a opção mais segura e que seja criteriosa com o cashback, pagando sempre, sem falhas. Avalie se o seu banco oferece e se a porcentagem devolvida valerá a pena e cuide sempre o valor da sua conta bancária para ter certeza que o cashback está no lugar que deveria, todo mês.

Anuidade zero: quais os melhores cartões

0

Economizar em taxas é sempre indicado quando se tem um cartão de crédito

Números do Banco Central apontam que o valor médio cobrado entre as principais bandeiras de cartão de crédito do Brasil é de quase R$140,00 ao longo do ano de 2018. Imagine mensalmente, economizar  esse valor na sua fatura? No fim do ano, você deixa de gastar com taxas exatos R$1.680,00.

Caso você use cartão de crédito há muito tempo, não deve nem imaginar o quanto paga de taxas, já que é hábito pagar o que está descrito na fatura, por isso, é importante pesquisar outras opções do mercado. Atualmente, muitos bancos digitais chegaram para disputar com os grandes bancos excluindo muitas tarifas, como anuidade.

Traremos opções tradicionais e novas de cartões de crédito sem anuidade, para que você consiga utilizar o seu cartão sem sofrer com tarifas abusivas. Isso porque algumas pessoas, que usam pouco o crédito, correm risco de pagar mais tarifas do que parcelas, por exemplo. O que torna ter um cartão inviável.

Veja abaixo 6 escolhas interessantes de cartões de crédito sem anuidade que existem no mercado. A maioria oferecem os cartões pela internet mesmo, onde o cliente faz o pedido pelo site e inicia a movimentação por aplicativos de celulares. Vamos as dicas dos cartões mais úteis e simples.

1 – Pagbank

Com o cartão de crédito internacional Pagbank você não tem anuidade, mas paga algumas tarifas, como as de saques em caixas da rede 24 horas. O que você também não vai ter custos é com transferências TED e DOC cinco vezes ao mês. Além disso, não há taxas para transferência entre contas Pagbank.
A conta digital da Pagbank pode ser aberta no site. A conta, além de não cobrar muitas taxas rende mais que a poupança. É vinculada ao PagSeguro e é bastante confiável. Para ter anuidade e taxas zero, é só começar a movimentar a conta com depósitos e transferências.

2 – Nubank

Talvez você nunca tenha parado para analisar o quanto seu banco cobra de anuidade e taxas no seu cartão de crédito. Segundo a PROTESTE, o brasileiro é o consumidor que mais paga taxas em todo mundo. Na ponta do lápis, é um gasto que com o cartão de crédito Nubank você não teria. Um dos cartões de crédito mais queridos do Brasil, o Nubank nunca cobrará anuidade em qualquer situação.Em uma viagem internacional, por exemplo, a anuidade seria dobrada. No caso do Nubank, isso não acontece.

Sem falar que é muito simples pedir o cartão de crédito Nubank. Normalmente, a aprovação para cartão de crédito demora em torno de 7 dias e a conta digital é aberta em poucos minutos, o que evita estresse do cliente com filas e bancos físicos.

3 – Next

A conta bancária e cartão de crédito Next é gratuita e você pode escolher entre várias propostas do site, que se encaixam em qualquer perfil, desde as gratuitas as pagas. Você também pode criar sua própria proposta para abrir a conta e pedir o cartão de crédito.

Agora uma das vantagens mais interessantes: Por cinco meses, o cliente Next não paga tarifas. Após isso, transações como transferências, não são cobradas, se relacionadas ao banco Bradesco. Além disso, você abre sua conta pela internet, mas se precisar de alguma urgência, os caixas do Bradesco serão a solução.

Sem falar na linguagem simples e na resolução rápida. No app, você conversa em tempo real com atendentes que respondem suas dúvidas na hora. Veja no site se esse cartão de crédito se encaixa em suas necessidades.

4 – Meupag

A conta digital e cartão de crédito Meupag nunca irá te cobrar por utilizar os serviços. Nem anuidade, nem tarifas, apenas os juros por atraso em pagamento de faturas. Ainda sim, para os clientes que gostam do serviço da empresa, contribuem de alguma forma. O Meupag disponibiliza uma área do aplicativo para o usuário contribuir voluntariamente com qualquer valor. É uma forma de elogiar o serviço!

Todo o processo, como as outras opções pode e deve ser feito pela internet. As opções indicadas até agora são bancos digitais que oferecem maneiras de saques presenciais, mas a maioria dos serviços é por aplicativos e sites. Acesse o do Meupag e tire as dúvidas.

5 – Neon

No site do cartão de crédito Neon todas as possíveis tarifas a serem pagas estão especificadas, ainda sim, as mais importantes nunca serão cobradas do cliente,como a anuidade e taxas de manutenção. A conta demora no máximo uma semana para ser aberta, e até a aprovação e chegada do cartão, o cliente deve esperar por um mês. Durante a espera, o cliente pode usar a conta à vontade.

Os serviços essenciais do primeiro mês são grátis, como o primeiro saque, transferência e geração de boletos. Após o prazo, tarifas que não passam dos dez reais aparecerão no seu extrato, mas,  as tarifas cobradas são  só dos serviços que o cliente usar. Todos os serviços ficam disponíveis direto no aplicativo, além de ter uma conta corrente sem burocracias ou taxas.

6 – Santander Free

Essa é uma das opções para quem é mais tradicional e prefere ter um banco físico perto, ou seja, aquelas pessoas que não abrem mão de saques e conversas presenciais com o banco, já que o Santander está presente em diversas cidades do país.

É um cartão com a possibilidade de não ter tarifas e ainda sim ter uma bandeira Mastercad e ser associado a marca Santander. O pedido é todo feito pela internet e você terá a facilidade de ser um cliente Santander e utilizar os canais bancários normalmente.

Quem já é cliente Santander com um bom limite pode pedir a mudança da modalidade e ter seu cartão de crédito Santander Free em menos tempo do que um novo cliente. O benefício de não pagar anuidade vem adaptado, já que automaticamente um antigo cliente deva gastar acima de R$100,00 no crédito.

Auxílios do governo federal durante a pandemia

0

É importante se informar sobre os benefícios oferecidos para quem ficou sem renda durante a crise

O mundo está vivendo uma das maiores crises desta geração. Infelizmente, uma doença com potencial de matar milhares de pessoas no planeta obrigou vários setores da economia a reduzirem o faturamento e consequentemente, empregos e receitas. Foi uma quebra grande na roda da economia.

Em abril, o desemprego no Brasil subiu 12,6% , o que significa mais de 12 milhões de pessoas desempregadas. Em situações de extrema urgência como essa, que muitas pessoas enfrentam o mesmo problema financeiro, é hora dos governos federais, estaduais e municipais agirem.

No âmbito federal, como em outros países, o governo decidiu criar um auxílio financeiro para desempregados e pequenos empresários segurarem as pontas. O valor fixo de R$ 600,00 pode ser dobrado em alguns casos, isso para pessoa física. Todos passam por uma aprovação.

Além do auxílio emergencial, o FGTS também será liberado, assim como aconteceu durante o governo de Michel Temer. Calendários serão adiantados para colocar mais dinheiro para as pessoas, que poderão rotacionar no comércio e em serviços, além é claro de pagar as contas que infelizmente se acumulam.

Neste post vamos trazer detalhes sobre os auxílios previstos para esse ano que prometem ajudar a situação financeira das famílias que foram atingidas economicamente pela pandemia do novo coronavírus.

Auxílio emergencial

50 milhões de pessoas já foram beneficiadas com o auxílio emergencial do governo federal. Ele foi criado para desempregados, trabalhadores informais, microempreendedores individuais e autônomos. Tudo é feito online, desde o pedido até a movimentação, isso se o cliente não tiver problemas com a Caixa Econômica Federal.

Mulheres que são chefes de família podem receber até R$1.200,00. O cadastro pelo aplicativo só precisará ser feito por pessoas que não são cadastradas no bolsa família e CadÚnico, porque para esses casos, o dinheiro cai automaticamente nas contas vinculadas a esses benefícios.

O pagamento do auxílio

São três pagamentos de R$ 600,00, que caem na mesma data. Os pagamentos começaram dia 9 de abril e seguem um calendário por perfil. A prioridade são os cadastrados em programas sociais, em segundo lugar mulheres chefes de família e inscritos no CadÚnico e por último quem foi aprovado no aplicativo.

O dinheiro cai na conta bancária escolhida, caso não tenha conta, será aberta uma digital específica para este fim.  Até mesmo quem tem saldo negativo em uma possível conta não precisa se preocupar, porque o valor negativo será driblado.

Em último caso o beneficiário precisa ir à agência bancária, afinal estamos em uma pandemia e não é recomendado fazer filas. Infelizmente, nem todos os brasileiros têm acesso a internet, o que criou uma fila imensa em diversos estados do país. Se não o seu caso, tente resolver tudo á distância.

FGTS com novo cronograma

O governo federal anunciou que vai liberar o FGTS de forma emergencial, começando em junho a pagar o valor. O cronograma ainda não foi liberado, e o valor não passa de R$ 1.045,00. A medida provisória que autorizou o saque do FGTS informava que o prazo de pagamento será de 15 de junho a 31 de dezembro de 2020.

Como não temos cronograma, acreditamos que ele funcionará como no último ano, com separação por meses de aniversário, tirando dinheiro das contas ativas e inativas. É preciso aguardar para analisar seu caso e em qual mês você poderá retirar. Tudo pode ser conferido pelo aplicativo do FGTS, assim que o cronograma sair.

O pagamento do FGTS

Para quem não tem cartão cidadão, será preciso procurar a Caixa, a não ser que para evitar aglomerações o governo federal crie alguma estratégia online. Na agência, irão levantar seus dados e calcular as contas ativas e inativas. O saque não passa de R$ 1.045,00 em todos os casos.

Adiantamento do INSS

Aposentados começaram a receber um adiantamento do décimo terceiro para também movimentar a economia e ajudar durante a pandemia. O cronograma é organizado pelos que ganham menos mensalmente: a prioridade é aposentados que ganham até R$ 1.045. Quem ganha acima, recebe o benefício no começo de maio.

O pagamento do INSS

Cairá na conta do beneficiário, assim como o valor que cai mensalmente. A essa altura, muitos já receberam. O calendário é concluído no mês de junho e é preciso observar qual é o seu caso. Veja mais informações neste link.

Mas e depois da pandemia?

Todos esses auxílios são garantidos por até três meses, mas é perceptível que no Brasil a pandemia deve durar muito mais do que em outros países, infelizmente. Muitos estados já pensando em reabrir a economia, mas não será suficiente para recuperar os danos ainda em 2020.

Foi muito rápido o fechamento de empresas e perda de empregos e será muito demorado conseguir uma vaga nova e abrir um negócio, se as previsões se confirmarem. É hora de se reinventar e se a situação for grave, é preciso contar com a ajuda de todos.

Se for a sua realidade, pesquise na internet maneiras de ganhar dinheiro até tudo se organizar, ideias de rendas extras, como fazer doces ou comidas por entrega. Caso seja mais difícil, faça rifas, converse com sua família para te ajudarem até tudo passar.

A ideia agora é evitar aglomerações e filas, além de economizar tudo o que puder. Mudar hábitos e se conseguir os auxílios, use-os com sabedoria, porque esse não é um dinheiro para diversão e sim para sobreviver.

Quando ver alguém utilizando algum auxílio para um fim ilegal, denuncie ao governo federal. Uma apuração deve ser feita e depois que tudo passar, há o risco de golpistas terem que devolver se pegaram auxílio sem precisar efetivamente.

Como usar o cartão de crédito?

0

Parece simples, mas nem todas as transações é recomendado utilizar o crédito

Milhões de pessoas possuem cartão de crédito no Brasil, mas, isso não significa que toda saibam como utilizá-lo de forma correta e principalmente, sem extrapolar o limite mensalmente.

Muitas dúvidas surgem na hora de usar o cartão de crédito, principalmente porque muitas pessoas acham que tudo pode ser comprado com o limite, desde uma compra pequena até uma grande, sem prejuízos.

O que é preciso ter em mente, é que o limite de crédito não é uma renda extra. É um valor que existe para ser gasto e reposto depois, por isso deve ser utilizado com cautela e em compras específicas e de preferência, grandes, para manter o limite sempre rodando.

Preparamos este artigo para ensinar qual a maneira correta, em nossa opinião, de usar o limite de crédito do seu cartão sem exagerar. Falaremos como funciona e de que maneira gastar com sabedoria.

O uso do cartão de crédito

Assim que o cartão de crédito chega, é preciso desbloqueá-lo, seja em caixas eletrônicos ou pelo celular mesmo. É rápido liberar o limite e para você acompanhar as informações e gastos, mensalmente, chega no endereço a fatura, onde consta detalhes do seu cartão de crédito.

Essas informações também podem ser acessadas pelo celular. Depois disso, é só escolher onde vai gastar e informar que será utilizada a função crédito. Não esqueça de escolher o número de parcelas e claro, verificar se tem limite suficiente para determinada compra.

Mensalmente, o valor que foi gasto e dividido em parcelas será cobrado na fatura, até acabar a quantidade de meses que você escolheu na compra. Por exemplo: se não parcelou, no mês seguinte o valor já vem totalizado para ser pago.

De que maneira usar o cartão de crédito corretamente?

Gastar o limite de crédito o tempo todo, com compras menores e maiores, sem pensar muito pode não ser um bom negócio. Isso porque quando você realmente precisar, por exemplo, não vai ter o limite disponível para a compra que for realmente necessária. Vamos a mais dicas do uso correto do cartão de crédito.

Grandes compras

Nem sempre é vantajoso gastar uma grande quantia de dinheiro em uma compra, já que você possui um limite de crédito no cartão que te dá a opção de parcelar e economizar dinheiro vivo. Além disso, algumas lojas oferecem vantagens para o cliente que optar pelo cartão de crédito em compras.
O cartão de crédito existe para ser gasto, claro, mas com sabedoria. Compras parceladas fazem com que a fatura sempre rotacione, por isso ele deve ser utilizado em produtos ou serviços de valor alto, para que ao mesmo tempo, você organize suas finanças podendo escolher o meio de pagamento.

Gastos com benefícios

Muitas empresas ou lojas costumam oferecer bons benefícios para quem opta pelo cartão de crédito como meio de pagamento. Opte sempre pelo pagamento no cartão de crédito se houver descontos ou qualquer vantagem, mas lembre-se de calcular o custo benefício em casa de pagamento com dinheiro.

Acúmulo de pontos ou milhas

Muita gente que está começando a usar cartão de crédito não imagina que a longo prazo e com uso regular pode acumular pontos. Caso goste de viajar, é possível associar o cartão a um bom programa de milhas para pagar passagens através do que foi juntado no cartão de crédito por meses. Não é fácil juntar um número considerável de pontos e milhas, mas quanto mais você usa melhor.

Planejamento financeiro

Usar o cartão de crédito com sabedoria faz com que você não se perca em suas finanças pessoais. Imagine aquele produto ou serviço, como uma viagem, que você quer tanto, mas precisa juntar o valor total por um tempo. O cartão de crédito, dependendo do limite, pode adiantar a realização dos seus planos através de parcelas que cabem no bolso.

Gaste com frequência

O segredo de manter o cartão de crédito atualizado e receber vantagens é usando com frequência. Para que isso aconteça, observa nas suas finanças quais gastos podem ser colocados mensalmente no cartão de crédito. Uma sugestão é a compra mensal do mercado. Se todo mês ser colocada no limite de crédito não pesa e ainda ajuda no dia a dia da família.

Como NÃO usar o cartão de crédito

Nem toda compra é válida de se colocar no cartão de crédito. Boletos básicos, por exemplo, como água, luz, internet, nem pensar. O risco de virar uma bola de neve é grande. Veja dicas de onde não utilizar o limite de crédito.

Contas de bares e restaurantes

Dificilmente, você gastará, sozinho, mais do que R$100,00 em uma conta de bares ou restaurantes, mas, caso aconteça, esteja preparado para gastar esse valor em uma noite. Passar uma compra dessa no cartão de crédito não é recomendado, porque você não está adquirindo nenhum bem e já consumiu tudo naquele dia, então porque pagar só na fatura algo que você nem está usando a longo prazo?

Então, tenha em mente o seu limite de gastos para diversão. Saia com dinheiro contado para esse fim e se limite a gastar somente o necessário. Assim, você não vai ter que recorrer ao cartão de crédito para pagar uma grande compra que nem devia ter sido feita. Esse tipo de gasto pode até acontecer, é saudável, mas, que seja com dinheiro ou débito.

Compras do dia a dia

Digamos que você decidiu ir no mercado comprar ingredientes para um jantar. Duas pessoas irão aproveitar a refeição e você não deve gastar muito, cerca de R$50,00. Não há necessidade dessa compra ser no cartão de crédito. É interessante usar o seu limite de crédito quando fazer uma grande compra, aquelas que chamamos de compra mensal.

Dessa forma, você cria um padrão: em cada fatura, arca com as despesas de mercado do mês que passou e assim sucessivamente. Nesse caso, vale a pena, já que serão compras de valor alto que irão trazer boas movimentações para seu cartão de crédito.

Contas mensais

Um dos maiores erros é deixar que as contas de casa, como luz, água, internet fique numa espécie de débito automático no cartão de crédito. Muitas vezes, quando estamos apertados, até pagamos algumas dessas contas no cartão de crédito, mas essa regra deve valer apenas para esses casos: emergências.

Cartão de crédito: é melhor parcelar ou pagar o mínimo?

0

É preciso observar o que é mais vantajoso através de planejamento financeiro

Nem sempre conseguiremos pagar o valor integral da fatura. Estamos sujeitos a contratempos financeiros, como gastos urgentes o crises financeiras, como a que estamos vivendo agora por causa do novo coronavírus.

Chega um momento que é preciso negociar, já que pode ser que pagar a fatura do cartão de crédito deixe de ser a prioridade, por exemplo.Ai chega a dúvida: é melhor cancelar logo o cartão de crédito, continuar e pagar a fatura de forma parcelada, ou apenas pagar o mínimo?

A resposta é: depende. Em todas as situações, o cliente sairá perdendo em um quesito, seja no pagamento de juros ou na impossibilidade de usar o cartão de crédito como antes, por exemplo, mas, infelizmente não dá para fugir, ainda que não seja indicado entrar em dívidas com o cartão de crédito.

Preparamos algumas dicas sobre as decisões que precisam ser tomadas quando o valor total da fatura do cartão de crédito não pode ser pago. Lembre-se, sempre, de não deixar simplesmente sem pagar: busque alternativas para não gerar dívidas. Vamos as dicas!

O risco de não pagar a fatura

Quando não conseguimos quitar a fatura total, ficamos muito preocupados e tentamos resolver, na maioria das vezes. Só que algumas pessoas simplesmente não pagam e acabam se envolvendo em uma dívida longa.

Quando não pagamos, o banco tem autorização para te cobrar juros, que são altos mesmo que em alguns casos não passam de 2% ao mês. Isso num período de um ano vira uma bola de neve que te impede de fazer muitas coisas.

Nome sujo

Rapidamente o banco te coloca no SPC, ou Serasa por causa do atraso da fatura. O seu score, número importante para ter acesso a transações financeiras e compras á prazo, cai muito e seu nome não é mais considerado bom para ter outro cartão de crédito, por exemplo.

Dívidas altas

Se o  limite for alto, a dívida vira uma corrente pesada para se carregar, porque dificilmente teremos o valor total novamente com o acréscimo de juros. Muita gente para quitar uma dívida com cartão de crédito desembolsa quase duas vezes mais que o valor original da fatura.

Perda do cartão de crédito

O cartão de crédito é cancelado quando não há negociação e nenhum pagamento da fatura, fazendo com que após um tempo, mesmo acertando a dívida o cliente é impedido de voltar a utilizar o cartão de crédito. O banco passa a considerar que aquele cliente não é confiável para continuar com um limite.

A negociação da fatura atrasada

Parcelar ou pagar o mínimo, eis a questão! Para tomar essa decisão, o cliente precisa saber exatamente em que nível financeiro está para escolher entre parcelar ou quitar o mínimo. Saiba que de qualquer jeito, você estará com uma dívida,então, resta optar pela situação que não te trará tantos danos.

O parcelamento da fatura atrasada

O cliente que opta pelo parcelamento da fatura precisa observar as regras do seu banco, mas é certo que pagará IOF e outros juros. O Nubank, por exemplo, decidiu excluir o IOF por três meses durante a pandemia do novo coronavírus. Geralmente, é melhor parcelar para quem precisa fugir do crédito rotativo.

Os riscos

Parcelar a fatura não vai te excluir das próximas faturas previstas. Se você tem compras a cair pelos próximos meses, lembre-se que isso estará incluso no parcelamento que você aceitou. Será o valor parcelado da fatura mais as outras compras. Vai pesar, mas depois tudo será excluído de uma vez.

O pagamento do mínimo

Quitar o mínimo significa que você pagou apenas 15% da fatura total. A taxa de juros supera os 277% quando pagamos só essa fatia da fatura total. Vamos citar um exemplo: digamos que você pagou R$500,00 que corresponde ao valor mínimo da fatura. Depois, na próxima fatura, esse valor ainda vai existir com um acréscimo de juros, podendo chegar a mais de R$1.000,00 a mais.

Os riscos

O maior risco é ficar para sempre envolvido no pagamento de mínimos e sempre deixar muito dinheiro para o banco, ou seja, pagar muito mais do que você gastou no fim as contas. O que era para ser a solução se transforma em  mais dívida, já que pagar o mínimo é mais próximo do que não pagar a fatura se compararmos com as taxas que envolvem o parcelamento.

E agora, como escolher a melhor opção?

É importante observar a sua situação financeira atual, se você pode se pendurar em um parcelamento agora ou se o pagamento mínimo é apenas um momento, ou seja, que mensalmente isso não acontecerá.

Olhe a longo prazo

Para tomar essa decisão observe o seu futuro financeiro: será que terei dinheiro mensalmente para quitar esse parcelamento ou é melhor pagar o mínimo agora para depois me ajeitar nas contas? Veja as suas contas mensais e como as duas situações se encaixaria, porque a situação fica ainda pior quando entramos em um acordo e não cumprimos com nossa parte.

Observe os juros e taxas

Muitos bancos facilitam a vida dos clientes por causa da pandemia, excluindo algumas taxas desnecessárias. Observe se isso aconteceu com sua agência e coloque na ponta do lápis as taxas de juros em todas as situações. Quem sabe simplesmente não pagar, para seu caso não seja mais útil? Só que dificilmente essa situação seria a ideal para alguém, a não ser que você tenha o dinheiro inteiro da dívida daqui a algum tempo, por exemplo.

Pense em outras maneiras

Será que você não consegue se apertar um pouco e pagar a fatura total? Porque ainda sim, é a melhor opção, claro! Tire dali, reponha aqui e veja as vantagens de pagar a fatura completa antes de parcelar ou pagar o mínimo só por medo da situação financeira apertar ainda mais. Saiba que se manter numa crise financeira sem novas dívidas é muito mais útil do que tê-las após tudo passar.

Reserva de emergência: a importância em momentos de crise

0

Quem não possui dinheiro guardado está sofrendo com a pandemia do novo coronavírus

Infelizmente, nem todo mundo estava preparado para enfrentar uma crise financeira mundial. Muitos brasileiros vivem “vendendo o almoço para comprar a janta” e nem imaginam o que é uma reserva emergência. O país possui diversas classes sociais, o que fortalece esse quadro.

Empresas viram o patrimônio cair e famílias perderam rendas, seja por demissões ou corte de salários. Para segurar as pontas, buscaram auxílios do governo ou apelaram para as economias, muitas planejadas para outros gastos. Quem tinha reserva de emergência, teve que gastar.

Agora, é tarde para pensar em criar uma reserva para lidar com a pandemia do novo coronavírus, mas, ainda dá tempo para se planejar para quando tudo isso acabar, já que é alta a probabilidade da economia demorar vezes para se recuperar.

Não é um tarefa fácil e muitas pessoas não conseguem tornar isso um hábito pela própria realidade financeira, mesmo. Só que guardar dinheiro, no mundo que vivemos, se torna quase uma atividade essencial, ainda que seja distante para algumas pessoas pensar nisso no momento atual.

Neste post falaremos de Já tem alguma reserva? Vamos te ensinar a mantê-la. Quer criar para o período pós-pandemia? Continue com a gente para ter informações importantes sobre planejamento financeiro e reserva de dinheiro. Vamos lá!

Para quem não possui reserva de emergência

Não significa que ela precisa ser construída agora, mas você pode tomar atitudes para que ela seja possível no futuro. É grande a possibilidade das famílias sofrerem muito financeiramente e você pode evitar que isso aconteça com a sua.

Busque renda extra

Bicos, vendas, internet. Se está sobrando mais tempo por causa de uma demissão, por exemplo, você naturalmente já está buscando alternativas de ganho financeiro, mas, sabemos que esse dinheiro vai para as contas básicas.

Caso possa, avalie o que pode ser vendido, como um começo de um negócio que pode render muito mais lá na frente.  Pesquise na internet plataformas de vendas e sites que contratam freelancers, por exemplo.

Empréstimo com boas condições

É hora de vários bancos facilitarem o acesso ao crédito, já que é útil que mais dinheiro circule no país. Um dinheiro vindo de empréstimo, desde que as parcelas não sejam abusivas, é de muita utilidade para segurar as pontas e reservar parte dele para o que há de vir.

Reserve poucas quantidades

Ainda que sejam baixas, as reservas são sempre importantes. Comece guardando dez reais por mês, ou menos até, em uma conta bancária ou em um cofrinho. Só utilize o dinheiro se a situação estiver num nível muito crítico. Caso ainda consiga se manter, esqueça que o valor existe. Só lembre de guardá-lo.

Invista o dinheiro que tem

Ainda que você não tenha muito dinheiro, existem contas bancárias digitais que rendem mais que a poupança, até com R$ 30,00. A conta digital da Nubank e do Banco Original rendem mais que poupanças convencionais, é só aceitarem as condições e deixar o dinheiro paradinho por lá.

Para quem já tem uma reserva de emergência

É hora de ter cautela para tomar as decisões. Caso tenha uma reserva de emergência, ela não pode ser gasta toda de uma vez, mas sim, para manter a vida financeira equilibrada e não gerar dívidas. Veja mais dicas para não perder toda sua reserva de emergência durante a pandemia do novo coronavírus.

Defina prioridades

Chegou a hora de mexer naquele dinheiro que você talvez esteja aguardando a meses, ou anos. Ainda que seja necessário para não desequilibrar as contas de casa, não é preciso gastar tudo de uma vez.

Quando o sapato apertar, coloque tudo no papel para saber onde terá que ser coberto pelo dinheiro da reserva. Caso seja demais, pense onde precisa ser cortado, infelizmente. Lembre-se de gastar o dinheiro da reserva onde for necessário, não em luxos.

Mude sua reserva de lugar

Procure um jeito de aumentar o dinheiro da sua reserva através de bons investimentos e aplicações financeiras. É hora de pesquisar como criar a “reserva da reserva”, para que caso parte dela seja utilizada, você não sofra muito quando chegar a hora de gastar o dinheiro com o objetivo primeiramente escolhido, antes da pandemia.

Invista esse dinheiro

Investir dinheiro não é apenas colocá-lo em aplicações. Um exemplo é usá-lo em algum negócio útil na época da pandemia, uma loja online, cursos para dobrar esse dinheiro ou qualquer outro tipo de investimento traga retorno através de compra e construção de clientes.

Pesquise na internet que tipo de negócio combina mais com você e o que traria renda mesmo com o momento difícil que a economia vive. Quem sabe nem precise investir o dinheiro todo e já ter um ótimo retorno?

Economize tudo o que puder

Assim que perceber a queda na renda e a necessidade de utilizar a reserva de emergência, corte em outras partes do orçamento tudo o que puder. Reduza os gastos com energia, água e compras de mercado. Faça planejamentos para que sua realidade se adapte e você possa continuar vivendo com essa reserva de emergência até tudo isso passar.

A importância de guardar dinheiro

Quem conseguir passar por essa crise financeira e de saúde, sem citar os outros aprendizados que isso traz, com certeza mudará os hábitos relacionados a dinheiro. Muitas famílias viram a despensa se esvaziar e o emprego sumir. Situações tristes cheias de incertezas causam esses efeitos.

Mais do que nunca, quando tudo acabar, a importância de guardar dinheiro será latente. Muita gente conseguirá lidar melhor com as emergências porque se aceitarem mudar os hábitos, estarão mais preparados para os tempos que virão, sejam bons ou ruins.

Sabemos o quanto é difícil lidar com dinheiro e como várias pessoas não podem fazer isso, já que vivem no limite financeiro. Ainda sim, é importante fazer um esforço para que a grana sobre. Para isso, pesquisa, dedicação e muito trabalho são importantes, mas, mais do que tudo isso, as oportunidades precisam ser iguais para todos.

6 dicas para você ter um aliado nas finanças neste momento de crise

0

Como utilizar o cartão de crédito durante a pandemia

Começamos o ano de 2020 com esperanças financeiras, já que segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) 2019 acabou com a geração de 644 mil empregos. Muitos empresários se animaram e famílias conseguiram renda.

Só que a pandemia do novo coronavírus chegou e com ela, uma crise de saúde pública mundial. Sabemos que sem saúde não há economia ou infraestrutura que se mantenha constante, então tudo o que foi construído nos anos anteriores por empresários e pessoas físicas acabou prejudicado.

Pessoas foram demitidas e empresas fecharam. Como recomeçar quando parte da renda simplesmente some? Não é fácil conseguir uma renda extra da noite para o dia, então, a primeira alternativa é sentar e reescrever todo seu planejamento financeiro.

Podemos adiar contas básicas e excluir gastos, tudo isso já ajuda muito. O que muita gente duvida é da capacidade do cartão de crédito em organizar nossas finanças e nos trazer o fôlego necessário em momentos difíceis.

Trouxemos algumas dicas de como utilizar o cartão de crédito da melhor forma para ganhar prazos e aproveitar para economizar. É importante, claro, usar com sabedoria, mas não será necessário cancelar todos eles.

1 – Usando o cartão de crédito para facilitar a vida

Ainda que você não tenha um limite alto, o cartão de crédito pode ser útil para diversas situações da vida, sejam as necessárias ou para compras esporádicas. Veja quais situações ele pode te ajudar.

2 – Defina despesas a serem gastas

Todos os meses, podemos definir algumas despesas para serem colocadas no cartão de crédito. Imagine que você todos os meses faz compras no supermercado, uma compra grande. Essa é uma ótima despesa a ser gasta com o cartão, não parcelada. Isso porque tudo ficará guardado no extrato e você pode se programar para um mês que não tenha recebido seu salário, por exemplo.
Com o cartão de crédito, além de não ficar na mão, você ainda fará uma boa movimentação e saberá exatamente qual está sendo seu orçamento direcionada para alimentação da família. Assim, pode colocar tudo na ponta do lápis.

3 – Ganhe tempo

A vantagem do cartão de crédito é que ele te dá tempo para respirar. Caso sua renda tenha caído, coloque as compras necessárias no crédito, como o supermercado como já citamos ou compras urgentes, como remédios. Usando o cartão de crédito você pode ter chance de recuperar o dinheiro através de bicos, por exemplo.

4 – Troque de cartão de crédito

Caso você já tenha um cartão de crédito e ele cobre muitas taxas, é hora de continuar utilizando outro mais barato nesse quesito. Cancele o atual cartão de crédito e priorize um que tenha menos tarifas, como a anuidade por exemplo, que já economiza muito para seu bolso. Escolha um que também não tenha juros altos em caso de atraso ou saque.

5 – Controle de gastos

Com tudo no extrato, é possível definir uma média de gastos e o que pode ser cortado ou não. Fica tudo na fatura do cartão de crédito, o que auxilia na organização financeira mensal. Além disso, o cartão de crédito possibilita a utilização de benefícios a longo prazo, o que também pode ser acompanhado pela fatura.

6 – Tenha um limite de gastos

Não adianta querer economizar sem economizar de fato. Estabeleça, sempre um limite de gastos no cartão de crédito para não se enrolar. Se possível, diminua o limite de crédito atual para que a possibilidade de gastar muito seja extinta. Lembre-se que a prioridade na hora de economizar é a consciência!

As contas que não devem ser pagas no cartão de crédito

Ainda que o cartão de crédito seja útil para nos tirar de alguns sufocos, não é recomendável utilizar esse limite para pagar contas básicas e mensais, como água, luz ou aluguel, por exemplo.

Sacar o limite de crédito, por exemplo, é sempre uma dor de cabeça quando temos que repor. O juros do saque de limite é alto, e pode chegar a quase R$20,00 em alguns casos, só de taxas. Então, sacar o dinheiro para pagar as contas não será tão eficaz.

Pagar diretamente com o limite de crédito pode até ser melhor, mas se não for frequente. Isso porque o cliente acaba se metendo em uma bola de neve sem perceber, já que sempre jogará as contas básicas para o mês seguinte.

Então, concluímos que esse tipo de conta não é interessante utilizar cartão de crédito e podem ser colocadas como prioridade no pagamento em dinheiro ou cartão de débito. Agora, vamos mostrar o que pode ser gasto no cartão de crédito e como ele pode te ajudar no planejamento financeiro de todo a família. Dicas simples podem fazer com que você olhe o cartão com outros olhos.

Fique calmo!

Tudo passa, sejam coisas boas ou ruins. Sabemos que financeiramente tudo ficou mais difícil para muita gente e os hábitos tiveram que mudar. Aproveite a diminuição na renda para pensar em outras alternativas e identificar gastos que não eram benéficos para a família. É hora de ganhar tempo e também mudar os hábitos.

Uma decisão que você pode tomar é ficar calmo antes de tomar qualquer decisão. Pense muito, não se desespere e não “detone” sua reserva de emergência, por exemplo. É hora de ter cautela e optar pelas melhores decisões na hora de gastar dinheiro.

Decidiu ter seu primeiro cartão de crédito? Então veja essas 10 dicas!

0

Decidiu ter seu primeiro cartão de crédito? Então veja essas 10 dicas!

Nem só os mais jovens estão querendo o primeiro cartão de crédito: muita gente demora muito para optar pela modalidade. Vamos te orientar a ter o seu

O cartão de crédito é popular no mundo inteiro, principalmente porque permite compras parceladas e um planejamento melhor de compras caso você saiba usá-lo sem exageros. Só que tem gente que acabou de conquistar a primeira renda e ainda está na “fase 1” do jogo, pensando em fazer o pedido agora, em pleno 2019!

Mas tem também quem já teve muitos problemas com o cartão de crédito e decidiu cancelar de vez. Quem ficou anos sem ter o nosso “amigo de plástico” e depois de tanto tempo aprendendo a se controlar financeiramente, decide voltar, também passa pelos mesmos processos.

Traremos cinco dicas para o primeiro caso e cinco dicas para o segundo, mas já adiantamos que o primeiro processo é o mesmo. Consiste no pedido e cadastro de informações básicas, além da análise de crédito que os dois casos passam, independente se tem ou não histórico financeiro. Normalmente o cartão de crédito chega na sua casa e em caso de banco digitais, o uso já é liberado através da tecnologia contactless, por exemplo. Então, vamos as dicas!

 

Para quem nunca teve cartão de crédito

1 – Tente primeiro as novidades

Isso mesmo! Cartões de crédito digitais, como Nubank, Digio, Banco Inter fazem uma análise de crédito mas não consideram demais seu histórico financeiro, renda, endereço no nome do titular, etc. São opções para universitários ou quem tem uma renda de estágio, por exemplo. Grandes bancos normalmente pesam demais sua reputação financeira, e nesses casos, quando a pessoa não tem nenhuma, fica complicado.

 

2 – Se tiver tempo, comece a vida financeira

Caso você já tenha uma boa renda e um nome sem restrições, comece com cautela a “popularizar” seu nome com crediários, financiamentos, investimentos, etc. Isso aumentará seu score (explicaremos melhor depois) e vai trazer mais chances de uma aprovação rápida seja e bancos digitais ou grandes instituições financeiras físicas.

 

3 – Abra uma conta bancária

Caso você não queira só um cartão de crédito para parcelar compras, é importante ter uma conta bancária e ter outras facilidades. Melhor ainda se sua renda for associada a essa conta, porque essa é uma outra vantagem que faz aumentar seu limite do crédito. O banco vê isso como uma segurança para ele e acaba te dando um limite maior e outras vantagens.

 

4 – Escolha cartão de crédito das lojas

Esse tipo de cartão de crédito, quando associado a bandeiras como Visa, Mastercard, entre outras são uma ótima opção para você ter seu primeiro cartão de crédito e ainda movimentar de uma forma mais limitada, começando pela própria loja. Normalmente exige poucos documentos e tem uma análise mais rápida. Além disso, se for uma empresa ou lojas que você compra muito, terá descontos e muitas vantagens a longo prazo

 

5 – Informe seus documentos com atenção

Na hora do cadastro, informe com cautela todos os seus dados, sem nenhum erro para divergências não bloquearem seu primeiro cartão de crédito. Não esqueça de pesquisar muito a empresa que escolher para não informar dados pessoais sem segurança.

Para quem já teve cartão de crédito

 

1 – Confira como está sua reputação no mercado

Se depois de muito tempo, você pagou todas as suas contas em dia, acertou suas antigas dívidas e agora está pronto para recomeçar, comece verificando seu score no site da Serasa. Vamos falar um pouco mais desses pontos que são sagrados para você conseguir crédito.

Você consegue um score alto com ações simples: pagando seus boletos em dia, dos básicos até os de financiamentos, também através de cadastro atualizado, bom relacionamento com empresas e quase nenhum histórico de dívidas. A pontuação vai de 0 a 1.000, e quanto mais próximo do maior número, mais rápida aprovação.

 

2 – Tenha um cadastro positivo

Ainda na mesma linha do score, a Serasa disponibiliza um cadastro para direcionar as empresas a escolher um bom pagador. Entenda melhor aqui. Antes, o consumidor procurava a ferramenta e descobria seu score e facilitava o relacionamento com empresas, fazendo mais transações e pagando em dia. Hoje, a ferramenta tem autorização do governo federal para entrar em contato com bons pagadores.
Através desse cadastro, o cartão de crédito mais seguro e de maior limite pode chegar até você através de um bom histórico seu com os comerciantes. Faça o cadastro, o mantenha atualizado, sem dívidas e use essa ferramenta para facilitar o pedido do seu primeiro cartão de crédito.

3 – Escolha as novidades

Com uma renda já considerável, também recomendados começar pelo Nubank, Digio, entre outros. Você não sofrerá com taxas, anuidade e outras tarifas para te tirar do foco de ser um bom pagador.

 

4 – Ainda sim, pesquise

Se o seu perfil é de um histórico financeiro bom e ainda sim nunca ter tido um cartão de crédito, analise suas necessidades e pesquise se você utilizaria mais um cartão associado a um banco tradicional ou as opções digitais. Se precisa de um limite alto, abra sua conta e deixe sua renda no banco para melhorar o crédito.

 

5 – Tente o cartão de crédito pré-pago

Essa é uma opção que tem se tornado “amiga” dos endividados ou de quem não quer um cartão de crédito com grandes limites e relacionamento com bancos. É só comprar o cartão de crédito em lojas ou pedir na internet, e você define o limite depositando valores nele. Infelizmente ainda não é possível parcelar, mas para quem quer começar neste mundo ou ainda controlar os gastos, essa é uma escolha sensata.

 

Por fim, as dez dicas são para diversos perfis, mas a orientação principal é: eu preciso de um cartão de crédito para qual fim? Pensando nisso e sentindo a necessidade, pesquise modelos, marcas, bandeiras, benefícios e como esse cartão pode ser mais solução do que problema. É errado dizer que o cartão de crédito é o vilão da vida financeira. Se usado com cautela e sabedoria, os benefícios podem te ajudar e muito em várias áreas

Vale a pena ter um cartão de crédito de loja?

0

Vale a pena ter um cartão de crédito de loja?

Sempre que vamos a alguma lojas grandes, sabemos que algum vendedor oferecerá o cartão da loja, que muitas vezes tem bandeira de crédito para usar em outras ocasiões; Mas será que vale a pena?

Sempre tem aquela loja de departamento, que a gente gosta muito e compra com frequência. Pensando nesses casos e também querendo expandir os negócios, empresas como Submarino, C&A, lojas Americanas, Marisa decidiram criar seus próprios cartões para permitir o parcelamento aos clientes.

Ainda sim o uso era muito limitado, apenas na lojas mesmo. A Saraiva, uma das maiores livrarias do Brasil decidiu entrar nesse mercado, mas adaptando uma bandeira visa ao seu cartão de crédito e permitindo que os clientes pudessem utilizar em qualquer tipo de compra. A estratégia foi associar-se ao Banco do Brasil e permitir que o cliente pedisse o cartão pela internet.

A Saraiva foi além, criou um cartão sem anuidade para os clientes e os correntistas do Banco do Brasil também podiam migrar para cartões da Saraiva. Deu super certo e várias outras grandes lojas foram de carona na estratégia. Clientes da loja Casas Bahia, por exemplo, já usam há anos cartões da loja que são aceitos em vários lugares.

Só que ter um cartão de crédito neste tipo, associado a uma loja, muda o que? É vantajoso? É mais fácil de pedir? Neste post, traremos cinco dicas para você observar caso  adora comprar em uma empresa e pensa em se associar a ela através de um cartão de crédito não exclusivo, mas que ainda sim atende as necessidades sem ter que ter conta bancária ou relacionamento com alguma instituição bancária.

 

1 – Verifique se o cartão tem alguma bandeira

Para ser um cartão de crédito útil, veja se ele está associado alguma bandeira importante, como a Visa, Mastercard, ou Elo. Sendo assim, você poderá usá-lo em qualquer transação, parcelar compras, pagar contas, etc. Antes de escolher essa opção, analise muito bem o contrato da loja, que normalmente já vem com as regras do agente bancário ou bandeira. Saiba suas taxas, tarifas e anuidades.

 

2 – Veja qual empresa irá melhor oferecer o cartão

Não adianta pedir o primeiro cartão que der vontade. Muitas pessoas gostam de um produto, vê que ele está muito mais barato pelo cartão de uma determinada loja, e assina tudo sem perceber, só pensando em fazer a compra. Essa é uma decisão que precisa ser avaliada e principalmente, pesquisada.

Atualmente, diversas empresas, tanto de e-commerce quando físicas oferecem seus cartões de crédito. Veja as vantagens de cada uma e principalmente se você costuma comprar com frequência produtos da loja. Se sim, seu preço sempre será menor e você ainda terá diversas facilidades com o cartão, tendo um parcelamento maior, por exemplo.

 

3 – A aprovação é mais rápida

Cartões de crédito de lojas são normalmente liberados mais rápidos, principalmente se você está fazendo direto no cadastro da própria loja. Ele é indicado caso você precise de algo com urgência, o cadastro é rápido, a resposta é ágil e você levará aquele objeto com um desconto que fará diferença a longo prazo.

 

4 – Mais compras, mais limite de crédito

Mais uma vez a dica de ser um cliente assíduo permanece. Quanto mais você compra no cartão de crédito da loja e é um bom pagador, mais propostas de aumento de limite e fidelização aparecem. Experimente tentar cancelar o cartão de crédito da loja caso você seja um bom cliente. Mais benefícios devem aparecer.

Isso não quer dizer que você precisa comprar e gastar mais do que o necessário, já que a partir do momento que você deixa de pagar as faturas da loja, a conta vem e muito alta. Os juros de lojas de departamentos são normalmente abusivos mesmo com poucos dias de atraso. Então seja consciente e não abuse!

 

5 – Escola um cartão sem anuidade

Essa é uma ótima opção, principalmente se for um cartão de crédito de loja que você usa com pouca frequência. O cartão de crédito da loja Marisa é um que não cobra a tarifa, tem descontos no mês de aniversário ainda possibilita um parcelamento de até 8x fixas com juros, mas com até 100 dias para começar a pagar. Você também consegue fazer empréstimos.

Outro exemplo legal é o cartão da loja Renner, que além de não ter anuidade ele é totalmente gratuito, sempre. Como um cartão de crédito normal, ele tem um clube de vantagens e é aceito na Camicado, outra rede muito popular.

Plus: tome cuidado

Escolha um cartão de crédito de loja caso você procure algo prático, que não irá te cobrar tarifas e que não vai te trazer dores de cabeça com juros e tarifas. Sabemos que por serem empresas privadas, menores que bancos e algumas até associadas a instituições financeiras que são conhecidas por cobras grandes taxas de juros, é importante ter cautela para que não pague mais taxas do que gaste o limite de crédito.

 

Por fim, recomendamos o uso de cartão de crédito de lojas. Dependendo do seu perfil, ele vale a pena caso você seja um cliente assíduo e queira ter facilidades em determinada empresa. Ainda sim, até com os cartões de crédito de bancos físicos e digitais,é muito importante que seja feita uma pesquisa entre as empresas para verificar qual a melhor.

Se você costuma comprar livros, roupas ou outros produtos em alguma loja virtual ou física e não quer ter um cartão de crédito amplo, essa é a opção. Ainda sim, se compra muito de uma empresa e precisa de uma bandeira confiável com um limite seguro, essa opção também se encaixa no seu perfil.

A dica além de todas essas é observar qual a empresa e quais os benefícios você terá a longo prazo, não só os descontos. Grandes empresas como a Casas Bahia, Riachuelo e Pernambucanas, que são do Brasil, facilitam o contato e garantem um comércio consolidado que não irá te dar susto. Então pesquise e utilize de forma cautelosa um cartão de crédito de loja.

5 dica infalíveis para acumular pontos no cartão de crédito

0

5 dica infalíveis para acumular pontos no cartão de crédito

É uma escolha que exige uma dose de cautela e dedicação. Tenha um objetivo a longo prazo e passe a gastar pouco e ainda sim acumular muitos pontos.

Nos dias de hoje, todo mundo sabe a importância que os pontos acumulados no cartão de crédito tem, principalmente para quem gosta de viajar ou pagar mais barato em eletrodomésticos ou eletrônicos. É só comprar com determinado valor ou pagar a fatura em dia, irá acumular os pontos. Só que antes disso, existe uma série de cuidados, pesquisas e comparações que precisam ser feitas para que o cliente realmente seja beneficiado por acumular pontos no cartão de crédito.

Só que nem sempre é uma tarefa fácil. Esquecemos os benefícios que o cartão de crédito pode ter e apenas o utilizamos como um dinheiro a mais no nosso orçamento, esquecendo que uma hora ele terá que ser pago. E é aí que muita gente atrasa a fatura, entra numa “bola de neve” e até para de usar o cartão de crédito. Quando você chega neste ponto, o que era para ser vantagem se torna um inimigo do seu bolso.

Ter pontos no cartão de crédito é uma forma de controle financeiro a longo prazo. Isso mesmo! Pense comigo: se você é um bom pagador de faturas e costuma usar o cartão de crédito apenas para compras de valores altos, ou usa mensalmente para cobrir parte do orçamento, isso já mostra um uso consciente do nosso “amiguinho de plástico”. Lá na frente, com os pontos acumulados, você terá mais descontos.

Com os pontos do cartão de crédito acumulados até uma data que você possa ter planejado, perto de uma grande viagem, por exemplo, é hora de conferir os preços das passagens, hotel, etc. Com uma quantidade de pontos razoável, tudo que você gastou será de alguma forma revertido para você em forma de desconto.

Depois dessa pequena introdução de como terá até mesmo um planejamento financeiro baseado em acúmulo de pontos, temos ainda mais dicas para usar seu cartão de crédito de forma consciente e ainda acumular descontos através de uma boa pontuação. Vamos lá!

1.  Cadastre-se em um programa e pontos

Nem todas as empresas de cartões de crédito, principalmente as que são frutos de contas digitais são filiadas a um programa de pontos. Então, procure um programa de acúmulo de pontos confiável, que irá te dar vantagens a cada compra e inicie a caminhada como um bom planejamento financeiro.

2.  Viaje

Normalmente, quem quer pontos pensa em descontos nas passagens aéreas. É como um “círculo vicioso”: quanto mais você gasta pontos em viagens, você faz as viagens e os pontos voltam para você como mágica. Esses pontos de tornam milhas, as milhas se tornam desconto e quanto mais uso, mais milhas!

3. Use seu cartão de crédito.

Com consciência, o cartão de crédito não será a fonte da sua dor de cabeça. A maioria dos programas de pontos associados a cartões de crédito irão te dar pontos a cada um dólar comprado, ou um pouco mais que isso. Pense que você irá utilizar o cartão de crédito para uma parte de gastos, 50% (supermercado, farmácia, saídas de fim de semana, etc).

São gastos que mensalmente irão te trazer pontos para serem acumulados a longo prazo. Você não precisa estourar o seu orçamento para ter pontos, aí não compensa. A opção que já falamos de usar com frequência e em grandes compras também é indicada, desde que você pague as faturas no prazo ou até antes dele. Nunca pague o mínimo, se não seu planejamento vai por água abaixo.

 

4. Não basta só usar o cartão de crédito

Isso mesmo. Os gastos se tornaram pontos em compras parceladas ou para pagar contas. Compras á vista nem sempre acumulam pontos. Além disso, pesquise os parceiros que seu programa de fidelidade, ou de pontos deva ter. Essas empresas irão disponibilizar mais pontos que outras concorrentes e normalmente gostam de ser parceiras de grandes programas, como o Smiles ou Mastercad Surpreenda, seja no ramo de alimentação ou qualquer tipo de produto.

 

 

5. Tenha paciência

E muita! Os pontos são benefícios para serem usados com cautela, por isso ter essa qualidade é muito importante. Pontos não devem ser gastos em qualquer impulso, uma vontade que você tem e ir lá destruir todo o acúmulo de pontos. Veja essa vantagem como uma poupança, onde você tem um grande objetivo e precisa guardar recursos para conquistá-lo.

Isso vale para grandes viagens, descontos em um produto que você precisa muito e seja acima do seu orçamento. Essa regra até pode ser quebrada, quando uma promoção muito boa aparece e é exatamente o que você estava procurando. Então, avalie bem como irá gastar seus pontos e tenha calma para guardá-los. No final, valerá a pena. Seja paciente nessa jornada.

 

Essas foram só algumas dicas para acumular pontos no cartão de crédito. Com a tecnologia, existem muitas outras, até mesmo aplicativos, onde você cumpre metas (de exercícios, ou a fase de um jogo) e ganha pontos para serem trocados por milhas, por exemplo.

Se um dos seus objetivos é ter muitos pontos no cartão de crédito e que sejam frequentes, a melhor dica que damos é pesquisar muito as mais variadas maneiras de conquistar uma pontuação de respeito. Gastar o limite de crédito é importante, mas se você não sabe se controlar financeiramente, busque outras maneiras para atingir seu objetivo.

Quando atingir uma boa margem, busque trocá-los em locais que também te trarão vantagens, mesmo gastando. Existem inúmeros que te devolvem parte dos pontos, te oferecem benefícios de longo prazo e propõe parcerias que podem te incentivar ainda mais a guardar esses pontos.

Tenha paciência, pesquise muito e saiba exatamente qual programa de pontos você se cadastrou para não ter surpresas. Hoje em dia, as empresas disponibilizam várias opções e é preciso entender qual exatamente é seu perfil para receber pelo que pagou. Principalmente, lembre-se: só inclua suas informações em cadastros de empresas confiáveis e consolidadas no mercado.

Santander Free: o cartão de crédito sem anuidade do Banco Santander

0

Santander Free: o cartão de crédito sem anuidade do Banco Santander

Acumule R$ 100,00 em compras todos os meses para não fica preso a tarifas e ainda ter um cartão de crédito Santander

Para não ficar de fora das tendências, o Banco Santander decidiu se adaptar trazendo o cartão de crédito Santander Free. É um cartão com a possibilidade de não ter tarifas e ainda sim ter uma bandeira Mastercad e ser associado a marca Santander. O pedido é todo feito pela internet e você terá a facilidade de ser um cliente Santander e utilizar os canais bancários normalmente.

O pedido começa com o cadastro de CPF e análise de crédito. Depois de uma análise de crédito que não é muito rápida, você poderá utilizar o cartão de crédito já pelo aplicativo até esperar chegar o cartão plástico pelo correio. Com o tempo e boas transações financeiras, pode aumentar seu limite.

Quem já é cliente Santander com um bom limite pode pedir a mudança da modalidade e ter seu cartão de crédito Santander Free em menos tempo do que um novo cliente. O benefício de não pagar anuidade vem adaptado, já que automaticamente um antigo cliente deva gastar acima de R$100,00 no crédito.

Após essa breve introdução vamos falar de mais algumas característica do cartão de crédito Santander Free nesse post e porque seria uma opção segura para quem está buscando o primeiro cartão de crédito, já que o cliente não terá grandes surpresas ou cobranças abusivas.

 

Parceiros com descontos de peso

Santander Esfera

O Banco Santander tem seu próprio programa de pontos, o Esfera. O cliente do cartão de crédito Santander Free tem 50% de descontos no parceiros Esfera (entre eles, café Três Corações, Magazine Luiza) e também acumula pontos em qualquer compra para trocar por descontos em viagens ou produtos. Verifique no site se as empresas cadastradas podem trazer economia para seu bolso!

 

Mastercad surpreenda

O programa da Mastercad que permite a promoção “compre um, leve dois” também é parceiro do cartão de crédito Santander Free. Além de escolher o produto no site você acumula ainda mais pontos para gastar do jeito que quiser após a compra. Várias empresas famosas estão associadas ao Mastercad Surpreenda, tanto no ramo de alimentação quanto de vestuário, entre outros.

Facilidades do cartão de crédito Santander Free

 

Mais tempo para pagar a fatura

Com o cartão de crédito Santander Free, o cliente tem 40 dias para fechamento e pagamento de fatura. Na categoria de cartões de créditos de grandes bancos e também associados a contas digitais, é com o maior tempo disponível para o cliente. Além disso, é um dos únicos do mercado a permitir parcelamento de compras em até 24x, dependendo claro também, do estabelecimento. Ainda sim, é bom verificar os juros e encargos.

 

Só peça se tiver a renda mínima

A ideia do cartão de crédito Santander Free e não deixar o cliente na expectativa por uma aprovação que não irá se adequar a seu perfil. O Banco Santader já estipula a renda mínima mensal antes mesmo do cliente fazer o pedido, que é de R$ 998,00 sem conta corrente e R$ 500,00 com a conta corrente.

O que é interessante, que é que o cartão de crédito Santander Free não te obriga a abrir conta digital ou física para ter as facilidades do cartão, o que também é prático para clientes que já estão associados a outros bancos.

 

Tenha segurança em emergências

Caso você perca o cartão de crédito Santander Free ou seja roubado e o número do cartão esteja cadastrado em contas ou boletos, automaticamente o número da nova via será vinculado a essas contas, como a de aplicativos e caronas ou serviços de streaming, normalmente pagos através do cartão de crédito.Além disso, você é associado ao seguro de cartões do Banco Santander, onde terá todo suporte em caso de perda, roubo ou outros problemas.

 

Urgências financeiras também são emergências

E com o cartão de crédito Santander Free, você pode parcelar também a fatura do cartão em até 18x. Além disso, tendo acesso a um caixa eletrônico Santander, pode sacar do limite do cartão de crédito mediante alguns juros de pagamento. Consulte detalhadamente as taxas de juros tarifas e encargos e compare.

 

Tecnologia para facilitar a rotina

 

Santander Pass

O Santander Pass permite que o cliente do cartão de crédito Santander Free faça pagamentos sem o uso do cartão de crédito, através da integração de dispositivos e aproximação do objeto. Seu cartão pode ter forma de pulseira, adesivo e até tag para relógio. É só chegar perto da máquina de cartões e está feito. Ainda sim, essa é uma opção que exige cuidado.

 

Aplicativo Way

Com o cartão de crédito Santander Free, ainda que você não tenha a conta digital, terá a facilidade de movimentar tudo pelo celular. Desde controlar seus gastos, pedir mais limite de crédito, solicitar suporte do Banco Santander, verificar suas compras parcelas e até mesmo transferir limites, caso tenha a conta digital ou física (nesse caso tudo será integrado a uma conta só).

 

Essas são só algumas vantagens do cartão de crédito Santander Free, que pede um gasto mínimo para extinguir a anuidade. Caso não tenha esse gasto mínimo, não recomendados pedir um cartão de crédito para compras tão baixas. Se o cliente ter o cartão e ainda não gastar todo o valor, o Santander Free cobrará uma taxa mensal de R$ 29,90.

Ainda sim, ter um cartão de crédito todo digital, e associado ao Banco Santander traz mais segurança e também facilidades ao cliente, que ainda sim terá disponível perto caixas eletrônicos e auxílio em uma agência caso precise. É garantia de mais segurança no atendimento e também na movimentação da conta e do cartão de crédito Santander Free.

Indicamos a marca para quem procura o primeiro cartão de crédito, mas também já tem um bom histórico financeiro e quer pagar menos taxas tendo ainda, associação com uma grande instituição financeira. O cartão de crédito Santander Free é uma escolha fácil e em alguns casos até rápida, já que informa antes o valor mínimo de renda que o cliente precisa ter.

7 vantagens que você terá com a máquina de cartões Safra Pay

0

7 vantagens que você terá com a máquina de cartões Safra Pay

Máquina de cartão de crédito e débito lançada pelo Banco Safra é acessível e atende todos tipo de empresa, desde as pequenas até os grandes comércios do país

O Banco Safra é uma das instituições financeiras mais antigas e está no mercado em 22 países, com 175 anos de atuação. No Brasil, o banco é conhecido por seus grandes clientes, mas com a tecnologia e o início dos bancos digitais, cartões de crédito aprovados com facilidade, a empresa decidiu reinventar.

Depois de se adaptar com o Internet Banking, chegou a vez de abrir o leque e investir em máquinas de cartão de crédito e débito apropriadas para vários perfis de comerciantes e empresários. A ideia do banco para conquistar os clientes foi assertiva: lançou uma máquina com taxa de 0% no crédito a vista e parcelado.

As vantagens começam já no pedido, que é grátis. Antes de começarmos a listar algumas vantagens, faça uma simulação no site da Safrapay. Simule suas vendas nas barras do site e já compare com outras máquinas de cartão do mercado. São 12 opções de máquinas para os diversos perfis, com bluetooth, sem, do jeito que o empresário deseja. Vamos aos benefícios:

 

12 tipos de máquinas Safrapay grátis

A máquina de cartões Safrapay não precisa ser comprada e nem tem taxa mensal, como um aluguel. Você tem doze opções, entre elas sem bobina, com bobina, existem opções que tem 3G ou bluetooth. Cada uma é definida para um perfil de compras e tem um limite definido pela Safrapay para cada empresário.

 

A máquina Safrapay tem mais segurança e tecnologia

Imagine quando você contrata uma operadora de celular com um plano de dados que deixe suas informações seguras. Assim é a máquina de cartões Safrapay vem com chip com plano de dados incluso, pagamento por aproximação (conectless), manutenção e suporte técnica 24h.

Para não ter problema, a máquina de cartões Safrapay disponibiliza um aplicativo para o cliente definir todas as funções através do celular. Ele é compátivel para qualquer tipo de celular e gratuito. Até mesmo o pedido pode ser feito no aplicativo e a entrega da máquina de cartões Safrapay é feita em até sete dias úteis.

Plus: Contacteless

A tecnologia que permite o pagamento apenas com a aproximação do cartão ou do celular se chama NFC. A conexão é feita por radiofrequência e para o comerciante funciona como uma compra por cartão normal. Quando o valor aparecer na tela, o cliente aproxima o cartão de crédito ou celular a máquina que rapidamente desconta. Inúmeras máquinas de cartão já aderiram a novidade.

 

Conta digital Safrapay


Para ter acesso a máquina de cartões Safrapay só é disponibilizada para o empresário ou comerciante que abrir a conta digital no banco Safra. Com essa conta você tem acesso a empréstimos, aplicações, transferências para outros bancos, pagamentos de contas e boletos e atendimento exclusivo do banco Safra. Tudo o que você receber em valores pela máquina de cartões Safrapay cai direto nessa conta.

 

Como se cadastrar na Safrapay

No site da Safrapay, você deve preencher os campos com seus dados e terá opção de fazer o pedido como pessoa física ou jurídica. Assim, a conta digital será aberta e você escolherá qual máquina se encaixa no seu negócio. O comerciante também precisa informar os dados de um cartão de crédito e definir o volume de vendas da sua empresa.

É importante atingir esse limite em 40 dias, se não a máquina pode ser retirada e uma taxa, cobrada. Após essas definições, o empresário deve escolher o prazo de recebimento das vendas a prazo. Um pacote de tarifas da conta digital também precisa ser selecionado, mas você também pode optar para não ter tarifas.

Aceita vários tipos de cartão

Com a máquina de cartões Safrapay os vouchers também podem ser recebidos. São cartões de benefícios disponibilizado por empresas a funcionários, como o VR ou Ticket alimentação. Contate a Safrapay se você for do ramo de alimentação e gostaria de atender esse público.

 

Bandeiras e parcelas


Defina um limite de vendas parceladas na sua máquina de cartões Safrapay, que aceita as principais bandeiras de cartão de crédito presentes no país, como Mastercard, Visa, Amex, além dos cartões de benefícios como VR, mas para isso é preciso ter CNPJ ligado ao ramo de alimentação.

 

Planos para empresas com grande volumes de vendas

Você tem vantagens se vende valores acima de R$ 50 mil reais. Através de um cadastro, um executivo Safrapay entrará em contato com você oferecendo benefícios, principalmente em forma de um plano de facilidades para a parceria se tornar permanente. Observe suas vendas e entre em contato com o Safrapay para verificar o que você tem direito.

 

Conta Digital Safrapay

Como explicamos, para ter a máquina de cartões Safrapay é preciso ter a conta digital no aplicativo.  É com ela que você receberá suas vendas e controlará seus recebimentos. Infelizmente, a conta digital Safrapay é cheia de tarifas, mas ainda sim, extremamente segura. Dificilmente vemos relatos de erros com pagamentos dos usuários.

Para movimentar essa conta, o cliente recebe um cartão Safrapay, que permite o acesso em caixas eletrônicos e você pode movimentar da maneira que achar necessário. Ainda sim, verifique no site todas as tarifas.

 

Desde 2017, a máquina de cartões Safrapay aparece no mercado como uma boa concorrente para as grandes marcas. O Banco Safra decidiu desmistificar a imagem de banco de grandes clientes e reduzido para poucos públicos através da conta digital e da disponibilização de forma fácil de uma máquina de cartões moderna. Além disso, associar-se a uma marca como a do Banco Safra traz credibilidade para seu negócio.

Disponível para diversos tipos de empresários e comerciantes, a máquina de cartões Safrapay se adapta a vários tipos de comércio, desde os pequenos, até as grandes empresas que tem como coração o pagamento pelos cartões de crédito e débito. Se você procura um equipamento funcional, gratuito e que não vai te trazer grandes gastos mensais de manutenção, escolha a máquina de cartões Safrapay.

 

 

 

 

 

Já ouviu falar na máquina de cartão Contactless?

0

Já ouviu falar na máquina de cartão Contactless?

A máquina economiza tempo dos clientes e dos empresários na hora de realizar uma compra

Pouco popular no Brasil, a máquina de cartões de crédito e débito Contactless acompanha as inovações tecnológicas mundiais e chegou há seis anos no país. Alguns lojistas já aderiram a novidade, assim como grandes empresas de cartão de crédito que já enviaram novos cartões para o cliente.

A máquina de cartão contactless terá um sinal parecido com o do Wi-fi e permite que o cliente apenas aproxime o cartão de crédito ou débito na máquina para aprovar a compra. É um pagamento que também acessa carteiras digitais, aquelas disponibilizadas nos smartphones em que só cadastramos o cartão e também aproximamos o celular às máquinas.

Nest post falaremos um pouco mais dessa nova maneira de comprar com cartão. Será que é segura? Em caso de roubo, por exemplo, com a não exigência da senha qualquer um pode usar seu cartão de crédito com uma máquina contactless. Isso é perigoso?

 

Tecnologia NFC

A tecnologia que permite o pagamento apenas com a aproximação do cartão ou do celular se chama NFC. A conexão é feita por radiofrequência e para o comerciante funciona como uma compra por cartão normal. Quando o valor aparecer na tela, o cliente aproxima o cartão de crédito ou celular a máquina que rapidamente desconta.

 

Tipos de conexão

As conexões podem ser passivas, ativas, leitor e gravador e peer-to-peer. A operação mais utilizada em lojas é a ativa,que envia e recebe dados, sem gravá-los, diferente da terceira opção, usada em serviços de bilhete único, onde há a conexão e a gravação de dados. Na última opção, peer-to-peer, é como o bluetooth, conexão entre os aparelhos, sendo a mais simples. A conexão passiva é apenas a geração de sinal entre os dispositivos.

Como aderir a minha carteira de digital ou cartão de crédito contactless

Chamada de Wallet nos smartphones iOS, as carteiras digitais estão disponíveis para Android e outros sistemas operacionais. Normalmente, você precisa cadastrar os dados do cartão de crédito/débito no aplicativo, ou somente tirar uma foto. Depois do cadastro feito, procure o símbolo nas lojas e comece a utilizar sem digitar senha.

Caso você queira ter o cartão de crédito contactless, pesquise se seu banco já disponibiliza essa opção e peça um novo cartão. Se não, empresas com contas digitais como a Nubank já aderiram ao contactless e seu primeiro cartão já será adaptado.

Depois disso, você não precisará digitar senha ao fazer compras, a não ser que queira: essa opção ficará disponível mesmo que seu cartão tenha o sinal de contactless, ou seja, ele ainda tem o chip para compras tradicionais.

 

Afinal, é seguro aderir a Contactless?

Sim e não. Primeiro, para quem tem o cartão de crédito, precisa ter muito cuidado. Uma vez que você perde o cartão e alguém encontre, qualquer um pode utilizar sem a senha, apenas com a aproximação. Então, caso isso aconteça, tenha ainda mais cautela do que com cartão de crédito de chip.

Agora, se você tem aplicativos com as carteiras digitais, dados podem ser apagados a distância, impossibilitando o uso de terceiros. Além disso essa tecnologia permite que o cartão não armazena nenhum dado do cliente sem a senha, então não muda muito dos cartões bancários tradicionais.

 

Empresas que já aderiram a tecnologia

Se você já está adaptado a nova era das contas digitais, sem anuidade e com poucas taxas, procure empresas como a Nubank, Banco Inter ou Neon, alternativas consolidadas no mercado e que quase não cobram tarifas do cliente. Além de ter agilidade na hora do pagamento, você já não terá nenhum tipo de cobrança.

Mas se você já tem conta bancária em grandes bancos como o Bradesco, Banco do Brasil e Santander, essas instituições financeiras também já se adaptaram a modalidade sem contato. É só pesquisar e fazer o pedido de um novo cartão de crédito ou débito que seja sem contato.

 

Limite no valor gasto

Em alguns países, se seu cartão de crédito é internacional, é estipulado um valor máximo a ser gasto para dar mais segurança ao cliente ou turista que está a passeio e utilizando muito o cartão. Normalmente, o cliente sabe desse limite e o controla. Quando ele é ultrapassado, funciona como um alerta para a empresa, que aciona o cliente imediatamente.

No Brasil, não há limite de gastos com a tecnologia, a não ser que o seu banco tenha definido um pra você. Por isso é tão importante pesquisar qual a melhor instituição financeira que irá oferecer a modalidade contactless. Escolha a que irá melhor atender às suas necessidades como consumidor.

 

É popular no Brasil?

Não adianta querer ter a tecnologia no país se ela será pouco utilizada. Nos grandes centros, a contactless já é uma realidade e mais de 70% das máquinas já são adaptadas a tecnologia, que cresce cada vez mais em vários estados. Ainda sim, ela ainda está em expansão.

Ainda sim, é um mercado promissor: a grande Visa, já aderiu a tecnologia há alguns anos e acaba atribuindo a maioria dos cartões de crédito cadastrados. Utilizar o pagamento por aproximação já faz parte da realidade de maioria das empresas de crédito e facilita a vida do cliente.

 

Os pagamento sem contato, ou contactless, está se espalhando em todo mundo. Popularizado pela Visa, promete agilidade nas compras e uma modernização com o passar dos anos. Só no Brasil, até 2017, mais de 3 milhões de máquinas de cartão eram compatíveis com a modalidade sem contato.

Ainda sim, a praticidade da tecnologia contactless exige cautela. Quando a não exigência da senha se torna uma realidade, o cuidado precisa ser redobrado em caso de perdas. O cliente tem menos respaldo das empresas e acaba ficando refém. Por isso, a dica é que ao utilizar a tecnologia, deixe salvo em sua carteira digital no celular pra evitar golpes.

Lembrando que mesmo aderindo a modalidade sem contato, você precisa estar munido com sua senha em caso de problemas técnicos ou a falta da máquina que aceite o contactless.

 

 

 

Gosta de viajar? Conheça o cartão de crédito Smiles

1

Gosta de viajar? Conheça o cartão de crédito Smiles

O acúmulo de milhas vale para todas as compras. Cartões de crédito em parceria com a Smiles são ideais para quem ama viajar

O programa de milhagens Smiles é o maior do país, criado pela Gol linhas aéreas para beneficiar os clientes com milhas. Com o passar dos anos, a empresa expandiu, fazendo parcerias com bandeiras internacionais de crédito como a Visa e com grandes bancos mundiais, atribuindo a Smiles aos cartões de crédito.

Atualmente, segundo a Wikipedia, a Smiles libera cinco bilhões de milhas para os clientes, que recebem os benefícios até mesmo pagando tarifas. Com o sucesso, criou outras modalidades, como infinite, platinum, gold e internacional. Mas é vantajoso aderir a esse programa de milhas? Se você gosta de viajar, sim!

 

Milhas por real

Com o programa de milhas, cada um real gasto se torna pontos para ser trocados por milhas. E isso não vale só para compras, mas também para pagamentos de taxas, anuidade e outras tarifas pagas do cartão. É praticamente usar o cartão de crédito e ter os benefícios de milhagens do programa Smiles.

 

Passagens aéreas mais baratas

A Gol linhas aéreas disponibiliza preços especiais para quem faz parte do programa de milhagens. Esporadicamente, também faz promoções para os clientes comprarem mais barato do que os que não tem milhas. No site do programa, um número total de milhas é estipulado para alguns destinos, por isso é importante sempre conferir para usufruir dessas vantagens.

 

Faça parte do clube e já receba milhas

Ao se cadastrar com seu cartão de crédito no programa Smiles, você já ganha até 20.000 milhas pra usar como quiser. Depois disso, é só ir acumulando. O benefício varia com o tipo de cartão de crédito solicitado e vale apenas para os pedidos feitos diretamente com a Smiles. O cartão de crédito mais simples, internacional, te dá 3.000 milhas na liberação para uso e o infinite, 20.000 milhas.

Os descontos não valem só para passagens aéreas

Quem tem Smiles, consegue descontos em hotéis, passagens, aluguel de carros e pode até transferir pontos para outras pessoas como um presente. Na aba promoções do site, cada oferta é disponibilizada para o cliente com um tempo de validades para aproveitar. Além dos preços mais baixos em passagens áreas, você ganha até fazendo reservas em hotéis parceiros.

Um promoção disponível para o mês de agosto é a que o cliente ganha o dobro de milhas por diária reservada, ainda podendo ganhar mais pontos ainda parcelando a compra no cartão de crédito. O Smiles atualmente é tão aceito que você tem benefícios como se fosse uma “venda casada”.

Sem falar que existem vantagens para quem usa aplicativos de carona, quer comprar passeios em viagens ou até mesmo, comprar as milhas diretamente. Ingressos para shows e espetáculos também estão inclusos no pacote, mas é preciso consultar qual faz parte dos descontos.

 

Shopping Smiles

Trocar os pontos por produtos também uma opção disponibilizada por clientes do cartão de crédito Smiles com muitas milhas acumuladas. Eletrônicos, eletrodomésticos, ferramentas, produtos de vestuário, cosméticos e etc. Tudo isso pode ser comprado com suas milhas, com um descontão oferecido pelo cartão de crédito Smiles.

O melhor é que quando você gastar suas milhas em um produto, por exemplo, você também ganha milhas por fora. É como um ciclo que sempre se renova, possibilitando que mesmo gastando, você sempre terá mais milhas disponíveis. Comprando ou vendendo, os pontos se tornam milhas.

Em algumas épocas, como a Black Friday, os descontos dos produtos chegam a 50%. Você pagará mais barato por descontar em milhas (ou nem pagará) e ainda sairá no lucro se comparar com outros revendedores do mesmo produto.

Benefícios específicos do cartão de crédito Smiles

Como já explicamos, existe uma diferença entre o Clube Smiles, cartão de crédito de bancos associados a Smiles e o cartão de crédito diretamente liberado pela Smiles. Neste tópico falaremos apenas dos benefícios dos cartões de créditos específicos da Smiles, que proporcionam uma bandeira visa e muitas vantagens.

 

Infinite

Essa é a modalidade mais importante desta linha de cartões e já disponibiliza 20.000 milhas para os clientes. É como um passe VIP para serviços da empresa aérea gol, principalmente. O cliente tem acesso aos lounges premium da Gol e ganha milhas por dólar. Ao pegar vôos, você não paga taxa de bagagem na primeira vez em que utilizar.

 

Platinum

O cliente ganha 15.000 milhas com a aquisição e também tem acesso a área premium da companhia aérea. Neste caso,não tem direito a primeira bagagem gratuita, mas o benefício de ganhar milhas por cada dólar gasto se mantém. No infinite, o cliente é amparado pela Gol em caso de atraso ou cancelamento, nesta modalidade, não.

Gold

7.500 milhas são liberadas no momento do pedido do cartão. A maioria dos benefícios ainda é mantido, menos ganhar milhas por dólar. A Smiles disponibiliza nesta modalidade 1,75 milhas por dólar gasto no cartão de crédito e também não tem acesso a áreas premium da Gol, ainda sim, tem embarque preferencial.

Internacional

Esta é a mais básica das modalidades dos cartões de crédito Smiles. O cliente ganha 3.000 em milhas e 1,35 milhas a cada dólar gasto. Os benefícios são poucos, mas ainda sim, permite facilidades para clientes que escolhem a Gol, como o parcelamento de passagens em até 12x, disponibilizado para todos os cartões de crédito Smiles.

 

Além dessas opções, que não são relacionadas a contas bancárias físicas ou digitais, você pode consultar se o cartão de crédito que possui é cadastro no Clube Smiles. Atualmente, grandes bancos como Bradesco e Banco do Brasil já aderiram ao programa de milhagem para facilitar a administração e gasto de pontos.

A principal dica é pesquisar o que combina mais com seu perfil, e se você costuma viajar, saiba que a economia de tempo e dinheiro será muito maior se cadastrado em algum programa de milhagens como o Smiles que é seguro e consolidado. Comprando ou pagando taxas, você ganha!

Cartão de crédito pré-pago: já pensou nesta opção?

0

Cartão de crédito pré-pago: já pensou nesta opção?

Um cartão de crédito recarregável é uma alternativa para quem quer gastar menos ou não pode ter nenhuma linha de crédito.

Ainda que ter um cartão de crédito seja fácil para algumas pessoas, outras não podem ter ou até mesmo não querem um por não saber se controlar diante de um limite definido pelo banco ou instituição financeira. Para casos como esses, várias empresas mundiais decidiram criar os próprios cartões de crédito pré-pagos.

Para quem não conhece, normalmente os cartões de crédito pré-pagos são vendidos pelas empresas e lojas, mas podem ser solicitados pelos sites das marcas, que estabelecem uma taxa de adesão. Depois disso, você aguarda um tempo menor do que seria com o cartão de crédito convencional e recebe em casa. Todo o valor recarregado é definido por você, que acompanha pelo celular.

Após o pedido, o cartão de crédito normalmente exige uma taxa de liberação para uso. Grande parte das empresas pedem um valor para primeira recarga e o prazo máximo para começar a utilizar é de 24 horas. Com tudo liberado, você pode aumentar a recarga por boleto bancário ou débito automático pela conta bancária habitual. Já adiantamos que o cartão de crédito pré-pago nunca poderá ser utilizado em compras parceladas. É como uma compra no débito, mas com bandeira crédito, disponível para a maioria das modalidades de compra.

Quer saber se essa seria uma boa opção para seu caso? Então acompanhe nossas dicas!

 

O cartão de crédito pré-pago não faz análise de crédito

A maioria das empresas financeiras que disponibilizam essa modalidade não exigem documentos ou analisam se seu nome tem um bom score. Normalmente, você só precisa solicitar, pagar a taxa para liberar o uso. Em alguns casos eles são vendidos em lojas, os quais são ainda mais fáceis.

 

Não tem parcelas

A vantagem é que o cliente poderá ter uma cartão com bandeira crédito, com limite, mas não poderá parcelar compras independente do valor carregado. Para quem não costuma ter controle financeiro e pensa em aprender uma maneira de melhorar a saúde financeira, ter um tipo de cartão desse é uma boa opção. Você gasta o que tem e pronto.

 

Sem taxas

Normalmente, a única taxa paga pelo cliente é para liberar o cartão ou comprá-lo. O cliente não precisa pensar em anuidades, juros, ou nada do tipo. É um cartão de crédito que permite que você escolha como deseja utilizar e gastar e ainda sem pagar nada a mais por isso, apenas o que é definido posteriormente. Não tem “choro, nem vela”.

Ainda sim, existem opções com pequenas tarifas mensais não só conhecidas como “manutenção”, mas também para serviços bancários que o cartão possa oferecer. Então, a principal dica é: pesquise!

 

Tenha um cartão de crédito internacional

Quem não tem nenhum cartão de crédito sente na pele as limitações que essa falta traz. Muitas empresas, lojas ou sites só aceitam cadastros para compras mediante apresentação do cartão de crédito, e caso você faça muitas compras internacionais, a confiança que essa modalidade traz é indiscutível.

Com seu crédito pré-pago, você poderá ter tudo isso e ainda estar seguro. A maioria das opções permite compras internacionais de acordo com seu limite e as taxas cobradas serão definidas pela empresa que você escolheu comprar algum serviço ou produto.

 

Use apenas para assinaturas online

Muita gente assina serviços de streaming como Netflix, Spotify, Amazon, entre outros. A dica é utilizar este cartão só para esses fins, sem necessidade de movimentar sua conta de débito. Tenha um limite pequeno, só para pagar as mensalidades e não tenha dor de cabeça na sua conta bancária. Isso porque muitas dessas grandes companhias não aceitam o débito como pagamento, e o crédito pré-pago pode ser a solução.

Não é vinculado a nenhuma conta bancária

Você terá um cartão de crédito independente de conta bancária, ainda sim, dependendo do cartão, terá as facilidades de uma conta bancária. Em alguns casos, com o cartão, o cliente poderá transferir valores, sacar e até pagar boletos. Isso não significa que você não terá nenhuma segurança, pelo contrário!

 

Tenha segurança caso for roubado

Mais um tópico em que destacamos a importância de pesquisar a marca do cartão de crédito. As instituições financeiras sérias irão te disponibilizar seguros para roubos e prestarão suporte caso o cliente perca o cartão. Antes de comprar ou contratar esta modalidade, não esqueça de observar esses detalhes que fazem diferença.

 

Tenha um “respiro” em caso de emergências

Para quem já tem um bom limite de crédito e ainda sim quer testar o cartão de crédito pré-pago, ele pode ser a sua reserva de emergência. Passe a ter a prática de recarregá-lo com frequência, como se fosse um hábito. Quando seu outro cartão estiver indisponível ou você não tiver outra alternativa e surgir uma emergência, utilize seu cartão pré-pago para este fim.

 

 

Com essas dicas, você com certeza vai chegar à conclusão se um cartão de crédito pré-pago combina com seu perfil. Antes de solicitar um, veja se o seu caso se encaixa em pelo menos quatro dessas opções. Se sim, pense bem qual a melhor empresa poderia prestar esse serviço sem te trazer gastos desnecessários e dor de cabeça.

Em uma época que mais de 62 milhões de brasileiros estão endividados e se sentem excluídos do mercado financeiro, o cartão de crédito pré-pago vem como uma solução. Ainda sim, daremos mais algumas dicas para não cair em uma nova cilada com cartão de crédito:

 

  • Não coloque tanto dinheiro no cartão caso não vá gastar imediatamente
  • Tenha em mente que você ainda irá pagar algumas taxas por esse serviço
  • Escolha a empresa ou instituição financeira que tenha um bom histórico no mercado e procure opiniões de outros clientes
  • Se bem utilizado, pode te ajudar nas emergências
  • Não empreste ou negocie, o valor é recarregável por você e não existem parcelas
  • No começo, faça poucas compras e avalie se está sendo saudável para seu bolso
  • Se você já é um consumidor endividado, pense bem se isso não irá complicar seu caso
  • Pesquise!